Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Influências biológicas, psicológicas e sociais do vestibular na adolescência

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Maria de Lourdes Perioto Guhur | Raiani Nascimento Alberto | Natália Carniatto

Journal: Roteiro
ISSN 0104-4311

Volume: 35 v.1;
Start page: 115;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Adolescência. Vestibular. Identidade. Conflitos.

ABSTRACT
Este estudo mostra as reflexões decorrentes de uma pesquisa1 realizada com o objetivo de investigar o significado do exame vestibular para os adolescentes, um desafio que ocorre em um momento em que estes se veem muito indecisos quanto à sua própria identidade. A pesquisa foi realizada com jovens de ambos os sexos, entre 16 e 19 anos. Os dados foram coletados em duas escolas de ensino médio (uma particular e uma pública) da cidade de Maringá, PR, mediante o uso de um questionário. Os alunos participantes que se submeteram ao exame vestibular no final do ano de 2009 afirmaram que esse fato tem interferido, de maneira intensa, em seus hábitos e comportamentos, alterando, inclusive, seus relacionamentos interpessoais, por gerar ansiedade, angústia, inquietação, estresse. Destaca-se, ainda, ter havido, da parte dos que frequentam a escola pública, aprovação quanto às mudanças introduzidas pelo ENEM, posição totalmente contrária a dos alunos da escola particular. Os resultados demonstram que a obrigatoriedade de optar por uma profissão que deverá ser exercida pelo resto da vida, por meio da realização do exame vestibular, tem um peso muito grande sobre o jovem. Isso se deve ao fato de o adolescente estar experienciando os conflitos inerentes à crise de identidade, de cuja resolução dependerá o seu ajustamento futuro.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program