Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Inquérito sorológico para a infecção por Toxoplasma gondii em ameríndios isolados, Mato Grosso

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Amendoeira Maria Regina Reis | Sobral Cleide Aparecida Queiroz | Teva Antonio | Lima Josué Nazareno de | Klein Carlos Henrique

Journal: Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
ISSN 0037-8682

Volume: 36;
Issue: 6;
Start page: 671;
Date: 2003;
Original page

Keywords: Populações indígenas | Epidemiologia | Toxoplasmose

ABSTRACT
Este estudo determinou a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em população indígena do Mato Grosso, os Enawenê-Nawê. Estes habitam uma vasta região selvagem, com raros contatos com não-índios. Não apresentam animais domésticos, inclusive gatos. A dieta é baseada em insetos, mandioca, milho, mel e fungos e não se alimentam de carne, exceto de peixe. Com base no exposto, desenvolveu-se análise sorológica, por meio de ELISA - IgG e IFI - IgG e IgM. De 148 soros, 80,4% foram ELISA ou IFI- IgG positivos. Não foram detectados casos de IgM reagentes. Nesse grupo as taxas de soropositividade aumentaram significativamente com a idade, de 50% a 95%. Analisando-se os hábitos e costumes, aliados à alta soropositividade encontrada, sugere-se que a presença de felinos silvestres nas imediações da aldeia e coleções de água poderia ter papel importante como fonte de infecção, contaminando o solo e, conseqüentemente, os insetos e fungos consumidos pelos índios.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program