Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Intake and digestibility of flor-de-seda hay in diets for dairy goats Consumo e digestibilidade do feno de flor-de-seda em dietas para cabras leiteiras

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Genildo Fonseca Pereira | Gherman Garcia Leal de Araújo | Ariosvaldo Nunes de Medeiros | Guilherme Ferreira da Costa Lima | Ângela Patrícia Alves Coelho Gracindo | Valdi de Lima Júnior | Francisco Carlos Fernandes Júnior | Ebson Pereira Cândido

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 11;
Issue: 1;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
The objective of this study was to evaluate the effect of Calotropis procera hay in the diet of dairy goats at different levels (0, 9, 18, 27 and 36%), on intake and digestibility of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), non-fibrous carbohydrate (NFC), total carbohydrates (TC), and water consumption. Five multiparous goats of were used, weighing 42 ± 0.59 kg BW, in a 5 x 5 latin square design. Animals were fed twice meals daily, after milking, at 6 and 16 hours. A surplus of 20% was offered in relation to the previous day. The inclusion of Calotropis procera hay had a quadratic effect on the consumption of almost all nutrients, except for NFC and water. The highest DM intake was 1.66 kg/day, 3.95% of BW, or 100.66 g/kg0,75 when 22% of Calotropis procera hay was included in the diet. The average water consumption was 7.07 kilograms. There was an improvement in nutrient digestibility, although not significant. Under the conditions of this research, it was concluded that the addition of Calotropis procera hay in dairy goat diets may be beneficial up to 0.397 kg per day by increasing intake and nutrient digestibility.Avaliou-se o efeito da utilização do feno de flor-de-seda (Calotropis procera Ait.Br.) na dieta de cabras leiteiras, em diferentes níveis (0, 9, 18, 27 e 36%), sobre o consumo e a digestibilidade da matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), do extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro ( FDN), fibra em detergente ácido (FDA), carboidrato não fibroso (CNF), carboidratos totais (CHOT) na matéria seca, além do consumo de água. Utilizaram-se cinco cabras multíparas do tronco alpino, com 42±0,59kg de peso vivo (PV), em delineamento quadrado latino 5 x 5. A alimentação foi fornecida em duas refeições diárias, logo após as ordenhas, às 6 e 16 horas. Trabalhou-se com uma sobra de 20% do ofertado, em relação ao dia anterior. Os níveis de inclusão do feno de flor-de-seda exerceram efeito quadrático para o consumo de quase todos os nutrientes, com exceção do consumo de CNF e água. O consumo máximo de MS estimado foi 1,66kg/dia, 3,95% PV e 100,66g/kg0,75 e atingiu o nível de 22% de inclusão do feno de flor-de-seda na dieta. O consumo médio de água foi de 7,07kg. Observou-se uma melhoria na digestibilidade dos nutrientes, apesar de não significativa, com a inclusão do feno de flor-de-seda na dieta. Nas condições da presente pesquisa, a adição do feno de flor-de-seda em dieta para cabras leiteiras pode ser utilizada até a quantidade de 0,397kg/dia sem prejuízo para o desempenho dos animais e promove um aumento do consumo e da digestibilidade.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?