Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Jorge Amado e seus camaradas no círculo comunista internacional

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marcelo Ridenti

Journal: Sociologia & Antropologia
ISSN 2236-7527

Volume: 1;
Issue: 2;
Start page: 165;
Date: 2011;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Artistas comunistas | Realismo socialista | Jorge Amado | Imprensa comunista francesa | Conselho Mundial da Paz.

ABSTRACT
O artigo busca elucidar aspectos da relação de artistas brasileiros e latino-americanos com a imprensa cultural comunista francesa e com o movimento comunista internacional do fim dos anos 1940 a meados dos 1950, no contexto da Guerra Fria. Os contatos no exterior foram fundamentais para a inserção internacional de latino-americanos, bem como para sua formação intelectual e política. A imprensa comunista francesa desempenhou papel importante para divulgar a obra de artistas latino-americanos, notadamente os que moraram em Paris. Alguns deles conseguiram lugar de destaque na rede comunista, especialmente por sua atuação no movimento pela paz mundial, como o poeta chileno Pablo Neruda e o romancista brasileiro Jorge Amado. Ele foi o principal artista brasileiro a beneficiar-se da internacionalização a partir do exílio em Paris, abrindo caminho também para a difusão de obras de amigos estrangeiros no Brasil e de brasileiros no exterior. São abordados ainda os dilemas dos artistas comunistas diante das perseguições e recompensas no auge do stalinismo.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?