Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Libertad divina, posibilidad y contingencia en Duns Escoto

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Pérez Estévez, Antonio

Journal: Veritas
ISSN 0042-3955

Volume: 50;
Issue: 199;
Start page: 85;
Date: 2005;
Original page

Keywords: DUNS SCOTUS | JOHN - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO | LIBERDADE | VONTADE | CONTINGÊNCIA (FILOSOFIA)

ABSTRACT
A vontade humana, em razão de sua indeterminação e da sua capacidade interna de produzir atos volitivos contrários e de querer objetos contrários, é aquilo que nos distingue como seres humanos em relação à natureza e nos faz semelhantes a Deus. A vontade divina, por ser infinitamente perfeita, pode, com um único ato volitivo, querer simultaneamente e produzir objetos contrários (a e -a). Portanto, Deus no mesmo instante da eternidade, pôde, com a sua potência absoluta, ter querido a e/ou -a, o que implica que pôde ter querido este mundo e/ou outro e outros mundos, que são lógica e realmente possíveis. Esta potência divina para, com um único ato volitivo, querer objetos contrários é a causa da contingência radical de todos os entes criados.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?