Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

MENSURAÇÃO DA CULTURA ORGANIZACIONAL: UMA ANÁLISE QUANTITATIVA-COMPARATIVA [doi: 10.5329/RECADM.20100902007]

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Valderí de Castro Alcântara | Luís Fernando Silva Andrade | Raquel Santos Soares Menezes | Pedro Ivo Vieira Good God

Journal: Revista Eletrônica de Ciência Administrativa - RECADM
ISSN 1677-7387

Volume: 9;
Issue: 2;
Start page: 213;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
RESUMO Este artigo tem por objetivo analisar a cultura organizacional de empresas localizadas em duas cidades mineiras com características quantitativas distintas, Rio Paranaíba e Araxá.  Enquanto as empresas amostradas em Rio Paranaíba são em sua maioria micro e pequenas empresas (86%), em Araxá são médias e grandes empresas (53%). O objetivo geral é verificar se existe diferença significativa na cultura organizacional entre estas empresas que podem ser explicadas por fatores inerentes ao tamanho da empresa. A pesquisa foi de natureza quantitativa e os instrumentos de coleta de dados consistiram na aplicação de um questionário e uma escala de mensuração da cultura organizacional contendo quatro dimensões: Índice de Distância Hierárquica (IDH), Índice de Individualismo (INDI), Índice de Masculinidade (MASC) e o Índice de Controle da Incerteza (CINC). A tabulação e análise dos dados foram feitas com auxílio do PASW Statistics 18, com o qual se realizaram procedimentos estatísticos descritivos e inferenciais. Utilizando um Fator Redutor (-21) os índices alcançados em cada empresa foram classificados em 5 categorias de intensidade (entre “muito baixa” e “muito elevada”). Realizou-se o Teste t de Student para duas médias que revelou diferenças significativas nos índices de Distância Hierárquica e Individualismo entre as empresas das duas cidades (p