Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Metabolic Syndrome: a study of demographic characteristics, life style, and control of the disease in hypertensive patients at a Public Health Unit of a city in the rural zone in the State of São Paulo Síndrome metabólica: estudo a partir de características demográficas, de estilo de vida e de controle da doença, em usuários hipertensos de Unidade Básica de Saúde de zona rural de cidade do interior paulista

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Carolina Alves Marteli | Aguinaldo Gonçalves | Carlos Roberto Padovani

Journal: Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade
ISSN 1809-5909

Volume: 4;
Issue: 13;
Start page: 28;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Saúde Pública | População Rural | Síndrome X Metabólica | Fatores de risco

ABSTRACT
Recognized as a paradigm of our modern sedentary and competitive society for constituting an important group of risk factors (RF) for cardiovascular diseases, the Metabolic Syndrome is represented by the combination of at least three of the following components: elevated blood glucose level, high blood pressure, triglycerides, and HDL cholesterol. With the aim to identify factors associated with the evolution of hypertension to Metabolic Syndrome, demographic, lifestyle and disease control variables were investigated in a population of 95 hypertensive patients registered for treatment in a Primary Care Unit in a city in the rural zone of the state of Sao Paulo. The group was stratified into two segments as there are: i) one composed of individuals presenting RF for coronary disease, either in an isolated form or associated with other factors and ii) one composed of patients in which the joint occurrence of risk factors already formed the Metabolic Syndrome. The values of the variables related to pertinent aspects of lifestyle and disease control for both groups were compared according to Goodman’s test. In summary, the two groups distinguished themselves only by the variables related to physical activity, be it through mentioning physical activity answering the International Physical Activity Questionnaire (Ipaq) be it through prevalence of obesity. Conclusively, the results obtained in this study aggregate evidence in the direction of concepts and practices of public policies in health.Reconhecida como paradigma da civilização do sedentarismo e competitividade da vida moderna por constituir importante conjunto de fatores de risco (FR) para doenças cardiovasculares, a síndrome metabólica representa a combinação de pelo menos três componentes: valores elevados da glicose sangüínea; da pressão arterial; dos triglicérides plasmáticos e do colesterol HDL. Com o objetivo de conhecer fatores associados à evolução da hipertensão arterial para a síndrome metabólica, investigaram-se variáveis demográficas, de estilo de vida e de controle da doença, de população de 95 hipertensos inscritos para tratamento em Unidade Básica de Saúde de zona rural de cidade do interior paulista, os quais, subtraídas as perdas ocorridas (em número de 18), foram estratificados em dois segmentos, a saber: 1) aquele constituído por pessoas que apresentam FR para doença coronariana, de forma isolada ou associada, e 2) o formado por doentes em que a ocorrência conjunta dos FR já configura síndrome metabólica, em número de 45 e 32, respectivamente. Comparações dos valores das variáveis de interesse foram processadas intergrupos e intragrupos entre ambos os grupos referidos pelo teste de Goodman e apresentadas sob forma tabular. Em síntese, observa-se que apenas variáveis referentes à atividade física discriminam ambos os grupos entre si, seja pela própria menção de atividade física, correspondente a Questionário Internacional (Ipaq) e prevalência de obesidade. Conclusivamente, os resultados obtidos nesta pesquisa agregaram evidências na direção de concepções e práticas de políticas de empoderamento em saúde.
Affiliate Program     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona