Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Mineral analysis of rabbit meat produced in Belo Horizonte, Brazil Análise mineral da carne de coelho produzida em Belo Horizonte, Brasil

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Artur Canella Avelar | Walter Motta Ferreira | Maria Ângela de Barros Correia Menezes

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 9;
Issue: 2;
Date: 2008;
Original page

ABSTRACT
Many authors have been pointed out that there is a lack of a more comprehensive database on mineral composition of ingredients used in man and animal nutrition. The goal of this project was to assess the mineral composition of the rabbit meat, an usual protein source in the Mediterranean diet, considered one of the most complete and healthy diet in the whole world. Ninth five rabbits of 72 days of life were slaughtered and their longissimus dorsi tissues were collected. Neutron Activation Analysis of each sample was carried-out to assess the mineral content of many elements present in the rabbit muscle samples. An edible portion of 100g presents: Cl = 52.2 ± 13.2; Cr = 0.118 ± 0.020; Cs = 0.0079 ± 0.0016; K = 485 ± 65; Mg = 39.4 ± 4.0; Na = 36.0 ± 8.0; Rb = 1.18 ± 0.17; Zn = 1.03 ± 0.19. Results for Cs and Rb are unheard-of at all in the world. Ba, Br, Ce, U e As were also analysed, and their contents were below of their detection limits. Database of several elements is a helpful tool to formulate human diet. Rabbit meat certainly is a low caloric choice, with less sodium and more potassium than beef.Muitos autores têm chamado atenção para a falta de dados mais abrangentes sobre a composição mineral de produtos usados na alimentação humana e animal. O objetivo deste trabalho foi de avaliar a composição mineral da carne de coelho, fonte de proteínas comum na dieta mediterrânea, considerada uma das dietas mais completas e saudáveis do mundo. Noventa e cinco coelhos de 72 dias de vida foram abatidos e seus tecidos longissimus dorsi foram coletados. A técnica nuclear de análise por ativação neutrônica foi empregada no intuito de obter-se as concentrações de diversos elementos presentes nas amostras de músculo de coelho usadas na alimentação humana. Uma porção comestível de 100 g apresenta: Cl = 52,2 ± 13,2; Cr = 0,118 ± 0,020; Cs = 0,0079 ± 0,0016; K = 485 ± 65; Mg = 39,4 ± 4,0; Na = 36,0 ± 8,0; Rb = 1,18 ± 0,17; Zn = 1,03 ± 0,19. Os resultados para a presença de Cs e Rb em músculo de coelhos são inéditos na literatura mundial. Ba, Br, Ce, U e As também foram analisados, e suas concentrações encontravam-se abaixo dos limites de detecção. O conjunto de dados de muitos elementos pode servir de ferramenta na formulação de dieta humana. A carne de coelho é certamente uma opção menos calórica, com menos sódio e mais potássio que a carne bovina.
Affiliate Program     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona