Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Moradia escrava na era do tráfico ilegal: senzalas rurais no Brasil e em Cuba, c. 1830-1860

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Bivar Marquese, Rafael de

Journal: Anais do Museu Paulista
ISSN 0101-4714

Volume: 13;
Issue: 2;
Start page: 165;
Date: 2005;
Original page

Keywords: Moradia escrava. Fazendas. Tráfico transatlântico. Controle social. Cuba. Brasil.

ABSTRACT
Há um bom tempo a historiografia sobre a escravidão nas Américas analisa o tema da moradia escrava. O debate nas últimas décadas tem girado em torno da discussão da autonomia escrava e do controle senhorial na construção desses espaços, centrando-se em especial na investigação das matrizes africanas das moradias rurais erigidas pelos cativos. Examino, no artigo, a novidade histórica representada por dois tipos específicos de moradia que apareceram após o segundo quartel do século XIX: o barracão de pátio do cinturão açucareiro cubano (na região de Matanzas-Cárdenas-Cienfuegos) e a senzala em quadra do Vale do Paraíba cafeeiro (no Centro-Sul do Império do Brasil). O trabalho demonstra que houve uma articulação histórica estreita entre esses dois arranjos arquitetônicos, passando pela apropriação de certas práticas do tráfico de escravos em solo africano.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?