Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

A mulher e a enfermeira na nova ordem social do estado novo

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Ieda de Barreira Alencar | Tânia Cristina Santos Franco

Journal: Texto & Contexto Enfermagem
ISSN 0104-0707

Volume: 17;
Issue: 3;
Start page: 587;
Date: 2008;
Original page

Keywords: Enfermagem. Saúde da mulher. Saúde. História da enfermagem. Prática profissional.

ABSTRACT
O objeto de estudo é a luta histórica de enfermeiras brasileiras pela institucionalização da profissão, no bojo de rupturas verificadas na sociedade brasileira, mediante a implantação da ditadura do Estado Novo (1937-1945). Objetivos: analisar as implicações da questão de gênero para a profissionalização da mulher e da enfermeira na sociedade brasileira; e discutir as estratégias empreendidas pelas enfermeiras relativas à institucionalização da enfermagem no contexto de uma ditadura nos anos 30/40. Fontes: seis artigos relativos ao tema e documentos escritos do Centro de Documentação da Escola de Enfermagem Anna Nery, revisitados no período de 01 de outubro a 20 de dezembro de 2007. Os dados, classificados, contextualizados e interpretados à luz do pensamento de Pierre Boudieu, evidenciaram que a profissão de enfermeira contribuiu para inserção de mulheres em espaços públicos ocupados por homens.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program