Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

No Country for Leftists? Clientelist Continuity and the 2006 Vote in the Brazilian Northeast Nenhum País de Esquerdistas? Continuidade Clientelista e as Eleições de 2006 no Nordeste Brasileiro

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Alfred P. Montero

Journal: Journal of Politics in Latin America
ISSN 1866-802X

Volume: 2;
Issue: 2;
Start page: 113;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Political Science | Brazil | North East | Clientelism | Bolsa Família | Family Allowances | Regional Disparities | Regional Policy | Space | Analysis | 321 | 322 | 323 | 324 | 981 | Brazil | North East | recent | Ciencia Política | Brasil | Clientelismo | Bolsa Família | Subsidios Familiares | Disparidades Regionales | Política Regional | Espacio | Análisis | Brasil | Noreste | reciente

ABSTRACT
Building upon recent studies of the electoral effects of social policyand President Lula da Silva’s coattails in the 2006 Brazilian elections, thisarticle explains the performance of leftist and conservative candidates inelections for governor during that cycle in the Northeast region. The studyassesses three systemic factors: the conditional cash transfer program, BolsaFamília, economic growth, and Lula’s coattails on support for right-wingincumbents and left-wing oppositions in the states of Bahia, Maranhão, andCeará. Based on the analysis of an original municipal-level dataset and asurvey of partisan elites, the findings underscore the importance of urbanbasedparty building strategies across the three states and patterns of elitealliances specific to each state. Alliances made in the capitals coupled withdivided conservative establishments, facilitated leftist victories in the examinedstates. At the same time, variations in alliance patterns and leftist partydevelopment across the three states reveal that conservative clientele networksremain vibrant bases of right-wing support, especially in the interior,and despite either social policy or Lula’s coattails. Com referência aos estudos recentes dos efeitos eleitorais de política social e o apoio por Presidente Lula da Silva nas eleições brasileiras de 2006, este artigo explica o desempenho de candidatos esquerdistas e conservadores nas eleições para governador durante aquele ciclo na região Nordeste. O estudo avalia três fatores sistêmicos: o programa de transferência direta de renda com condicionalidades, a Bolsa Família, crescimento econômico, e o efeito Lula em suporte de candidatos direitistas e oposições esquerdistas nos estados de Bahia, Maranhão, e Ceará. Baseado na análise de uma base de dados original de casos municipais e uma pesquisa de lideranças partidárias, os resultados sublinham a importância de estratégias partidárias mobilizatórias nos centros urbanos nos três estados e as alianças de elites de cada estado. Alianças feitas por oposições esquerdistas nas capitais em estados com elites conservadores divididos facilitaram vitórias esquerdistas nos estados examinados. Ao mesmo tempo, as variações em modelos de aliança e desenvolvimento dos partidos da esquerda nos três estados revelam que as redes de clientelismo conservadoras permanecem bases vibrantes do suporte direitista, especialmente no interior, e apesar da política social ou apesar do apoio por Lula.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program