Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Occurrence of “Babesia" sp. in crossbred calves by diagnosis methods in Campos dos Goytacazes, RJ, Brazil Ocorrência de "Babesia" sp. em bezerros mestiços, por meio de testes sorológicos, em Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Márcio Manhães Folly | Roberto Madruga | Verônica Pamela Emmott | Maria Angélica Vieira da Costa Pereira | Gilmar Ferreira Vita

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 10;
Issue: 1;
Date: 2009;
Original page

ABSTRACT
305 dairy calves sera samples at different ages for a serological survey in order to determine antibodies serum prevalence against Babesisa bovis and Babesia bigemina in zebu cattle as well as the crossbreds in Campos dos Goytacazes, RJ, Brazil were collected. By Indirect Fluorescent Antibody Test (IFAT) and Indirect Enzyme-Linked Immunoadsorbent Assay (ELISA) data were analyzed. Positive serum dairy cattle average percentages indicated 90.20 and 90.50% for B. bovis and 88.20 and 78.70% for B. bigemina by IFAT and ELISA, respectively. Both B. bovis and B. bigemina tests agreement ratio were 98.00 and 61.00%. Serum prevalence showed that the region is enzootically considered stable for bovine babesiosis infection with high disease prevalence. In Campos dos Goytacazes region whose livestock activity has been noted as a second income supporting, the present study may be regarding as unpublished, at all.Com o objetivo de realizar um levantamento soroepidemiológico para B. bovis e B. bigemina em bezerros de raças zebuínas e seus cruzamentos no município de Campos dos Goytacazes, RJ, foram coletadas 305 amostras de soros de bezerros de diferentes faixas etárias de propriedades dedicadas à produção leiteira. Os dados foram analisados pelas técnicas de imunofluorescência indireta (IFI) e prova de imunoadsorção enzimática (ELISA). As médias dos percentuais obtidos de bovinos com sorologia positiva para B. bovis e B. bigemina foram de 90,20 e 90,50% e de 88,20 e 78,70% para IFI e ELISA, respectivamente. O grau de concordância dos testes para B. bovis foi de 98,00% e o de B. bigemina, de 61,00%. A soroprevalência encontrada caracteriza esta região como uma área de estabilidade enzoótica para B. bovis, com índice elevado na prevalência de portadores de Babesia sp. O presente trabalho é inédito na região de Campos dos Goytacazes, que tem a pecuária como segunda fonte de renda.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?