Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Occurrence of infection with Toxoplasma gondii and factors associated with transmission in broiler chickens and laying hens in different raising systems Ocorrência da infecção por Toxoplasma gondii e fatores associados à sua transmissão em aves de corte e postura produzidas em diferentes tipos de criação

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Patricia R. Millar | Fernanda M.X. Alves | Vinicius Q. Teixeira | Regiane T. Vicente | Eline M. Menezes | Leila G. Sobreiro | Virginia L. de Almeida Pereira | Maria R.R. Amendoeira

Journal: Pesquisa Veterinária Brasileira
ISSN 0100-736X

Volume: 32;
Issue: 3;
Start page: 231;
Date: 2012;
Original page

Keywords: Toxoplasma gondii | frango de corte | galinhas poedeiras | transmissão | Toxoplasma gondii | broiler chickens | laying hens | transmission

ABSTRACT
Toxoplasmosis is a zoonotic disease caused by the protozoan Toxoplasma gondii. The aim of the present study was to determine the occurrence and identify the risk factors associated with transmission of T. gondii to chickens raised in different systems (free-ranged and confined) to produce eggs or meat. The 810 animals were allocated in two experimental groups according to the production system purpose: 460 broiler chickens (Group 1) and 350 layer chickens (Group 2). In order to analyze the possible factors involved in T. gondii infection in the chickens, an epidemiological questionnaire was developed for all properties.The serological detection of anti-Toxoplasma gondii antibodies was performed by Indirect Immunofluorescence (IFAT) and by Enzime Linked Imunossorbent Assay (ELISA). Since the agreement index (kappa) between these two serological techniques was considered high, 21.2% of the 810 animals were considered reactive. In Group 1, 12.2% (56/460) were positive, while in the Group 2 the positivity rate was 33.1% (116/350). The production system may be influencing the seropositivity of the animals in both groups. However, only in Group 2 it was possible to notice a statistically significant relationship between the breeding system and the frequency of positive sera. This result indicates that, at least for laying hens, the production system is directly involved in T. gondii infection. The contact with cats in Group 1 did not influence the distribution of seroreactive animals, but in Group 2 a significant relationship was observed. The occurrence of anti-T. gondii antibodies was high in both groups (broiler and posture chickens). Free-ranged chickens raised for egg production proved to be the most exposed group to the T. gondii infection. This can be related to the fact that these animals stay for longer periods in the farms, in direct contact with possibly contaminated soil by the presence of domestic cats.A toxoplasmose é uma zoonose causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência e identificar os fatores de risco associados à transmissão de T. gondii para frangos criados em diferentes sistemas (caipira e confinado) para produzir ovos ou carne. Os 810 animais foram divididos em dois grupos experimentais de acordo com o propósito do sistema de produção: 460 frangos de corte (Grupo 1) e 350 galinhas poedeiras (Grupo 2). A fim de analisar os possíveis fatores envolvidos na infecção pelo T. gondii nas galinhas, um questionário epidemiológico foi respondido por todos os proprietários. A detecção sorológica de anticorpos anti-Toxoplasma gondii foi realizada pela técnica de imunofluorescência indireta (RIFI) e Enzime Linked Assay Imunossorbent (ELISA). Uma vez que o índice de concordância (kappa) entre estas duas técnicas sorológicas foi considerada alta, 21,2% dos 810 animais foram considerados reativos. No Grupo 1, 12,2% (56/460) foram positivos, enquanto no Grupo 2 a taxa de positividade foi de 33,1% (116/350). O sistema de produção pode estar influenciando a soropositividade dos animais em ambos os grupos. No entanto, apenas no Grupo 2, foi possível notar uma relação estatisticamente significativa entre o sistema de produção e da freqüência de soros positivos. Este resultado indica que, pelo menos para as galinhas poedeiras, o sistema de produção está diretamente envolvido na infecção pelo T. gondii. O contato com os gatos no Grupo 1 não influenciou a distribuição dos animais sororreagentes, mas no Grupo 2 uma relação estatisticamente significativa foi observada. A ocorrência de anticorpos anti-T. gondii foi alta nos dois grupos (frangos de corte e postura). Galinhas cairpiras criadas para produção de ovos provou ser o grupo mais exposto à infecção T. gondii. Isto pode estar relacionado ao fato de que estes animais ficam por períodos mais longos nas fazendas, em contato direto com o solo possivelmente contaminado pela presença de gatos domésticos.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program