Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

A oposição aos pavilhões do parque Ibirapuera (1950-1954)

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Ana Cláudia Castilho Barone

Journal: Anais do Museu Paulista
ISSN 0101-4714

Volume: 17;
Issue: 2;
Start page: 295;
Date: 2009;
Original page

Keywords: Urbanismo paulistano | Criação do parque Ibirapuera | Oposição aos pavilhões do Ibirapuera | IV Centenário de São Paulo

ABSTRACT
Este artigo trata das disputas em torno da realização do parque Ibirapuera, na primeira metade da década de 1950, quando a Prefeitura Municipal de São Paulo, com o apoio do Governo do Estado, decidiu implementá¿lo, com o propósito de nele sediar as comemorações do seu 400º aniversário de fundação. O Ibirapuera é considerado o primeiro parque metropolitano de São Paulo. Foi construído em 1954, momento em que a cidade arvorava a condição de "metrópole moderna". Com 1.584.000 m2 de área total, localizado junto a bairros nobres, o parque foi equipado com um conjunto de edifícios desenhados por Oscar Niemeyer, destinados a abrigar exposições comemorativas. Sua construção ensejou uma série de manifestações de oposição, consolidadas em torno de um grupo que teve franca representação em diversos meios institucionais e de comunicação. Posteriormente, no entanto, essa oposição foi totalmente silenciada tanto pelos agentes sociais envolvidos no processo quanto pela bibliografia sobre o assunto. Procura¿se, aqui, levantar as questões em torno de tal oposição, com vistas a estabelecer um contraponto ao caráter comemorativo da própria fundação da cidade, permitindo a superação do olhar celebratório e de elogio do progresso paulistano. Essa investigação delineia um campo de conflitos e disputas, indicando que, naquele momento, não havia continuidade entre a celebração do aniversário da cidade e a modernidade dos pavilhões do Ibirapuera, mas sim uma série de embates políticos de relevância para o urbanismo em São Paulo, que merecem ser recuperados.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?