Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

An overview of rendering plants in Brazil and the insertion of small producers in the meat agribusiness: public health, economic and political aspects Panorama das graxarias no Brasil e a inserção do pequeno produtor no agronegócio da carne: aspectos de saúde pública, econômicos e políticos

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Alberto dos Santos Rebouças | Ariel Zanini | Asher Kiperstok | Iuri Muniz Pepe | Marcelo Embiruçu

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 11;
Issue: 4;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
This study examines the industry as a factor that contributes to reconcile the small production with good sanitary practices required by the government Veterinary Inspection, noting that inclusion is the best way to combat illegal slaughterhouse and its consequences. This compatibility is important because along with well-established slaughterhouses complying with the standards of hygiene and quality for export of their products, Brazil still faces a deficit of infrastructure to carry out sanitary control of much of the meat consumed. This is true even in areas close to cities, and this is inadequate as allies the low socio-economic-cultural level of much of society and the need for supply of low-income populations. This study also notes some flaws in the Brazilian agricultural policy that favors the low human development in this field, showing that federal policy focus on the export of meat has had great weight when compared with attention to economic activity of small producers and small business sector, further increasing the risk to human health and livestock in certain regions.Este estudo analisa a graxaria como elemento que contribui para compatibilizar a pequena produção com as boas práticas sanitárias exigidas pela Inspeção eterinária, e sugere que a inclusão é o caminho mais sensato para o combate ao abate clandestino e suas consequências. Essa compatibilidade é importante, pois ao lado de matadouros frigoríficos bem estabelecidos que obedecem às normas de higiene e qualidade para exportação de seus produtos, o Brasil enfrenta um déficit de estrutura para realizar o controle sanitário de boa parte da carne consumida. Essa realidade ocorre mesmo em regiões próximas às metrópoles, é uma situação inadequada que tem como aliados o baixo nível sócio-econômico-cultural de grande parte da sociedade e a necessidade de suprimento das populações de baixa renda. Neste estudo verificou-se ainda, algumas deficiências na política agropecuária brasileira que favorecem a baixa taxa de desenvolvimento humano do setor, o que mostra que o foco da política federal na exportação de carne tem um peso muito grande, quando comparado à atenção dispensada à atividade econômica dos pequenos produtores e pequenos empresários do setor, o que agrava os riscos à saúde humana e aos rebanhos em certas regiões.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program