Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

“Pai e construtor da arte brasileira” – A Academia das Belas Artes na reforma da educação promovida por Benjamin Constant em 1890/1891

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Camila Dazzi

Journal: Revista Digital do LAV
ISSN 1983-7348

Volume: 10;
Start page: 19;
Date: 2013;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Reforma da Academia das Belas Artes – Reforma da Educação de Benjamin Constant – Ensino Artístico

ABSTRACT
No decorrer da década de 1880, a Academia Imperial de Belas Artes foi alvo de avaliações desfavoráveis por parte de críticos de arte e de alguns de seus professores, alunos e diretores. Exigia-se uma reforma urgente da estrutura e dos métodos de ensino da instituição. Com o advento da República, em novembro de 1889, a ansiada reformulação começou a se tornar realidade através da nomeação de uma comissão incumbida de elaborar o projeto de reforma da Academia. Depois de muitos debates ao longo de 1890 sobre o modo como a Reforma deveria ser conduzida, o então ministro da Instrução Pública, Correios e Telégrafos, Benjamin Constant, aprovou os Estatutos da Escola Nacional das Belas Artes, em 8 de novembro daquele ano, com o decreto n. 983. O presente artigo apresentar a ‘Reforma de 1890’ como parte da reforma de educação de Benjamin Constant, colocada em prática nos anos de 1890 e 1891.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program