Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Parâmetros genéticos e ganhos na seleção em teste de progênies de polinização aberta de Eucalyptus pellita, Batatais–SP. Genetic parameters and gains with the selection in open pollinated progeny test of Eucalyptus pellita, in Batatais–SP.

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marcelo ZANATA | Miguel Luiz Menezes FREITAS | Morgana Tramontini SILVA | Eurípedes MORAIS | Antonio Carlos Scatena ZANATTO | Alexandre Magno SEBBENN

Journal: Revista do Instituto Florestal
ISSN 0103-2674

Volume: 22;
Issue: 2;
Start page: 233;
Date: 2010;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: conservação genética | melhoramento florestal | variabilidade genética | genetic conservation | genetic variability | tree breeding.

ABSTRACT
Os objetivos deste estudo foram estimar parâmetros genéticos, ganhos naseleção e avaliar o desenvolvimento silvicultural da espécie em um teste de progênies de Eucalyptus pellita, aos 23 anos de idade, estabelecido em Batatais, SP. Foram testadas 25 progênies de polinização aberta de árvores amostradas da Austrália. O teste de progêniesfoi instalado em 1986, no delineamento experimental de blocos ao acaso, com parcelas de uma planta e 100 repetições. Em 2009, foram avaliados a altura, o diâmetro à altura do peito − DAP, a forma do fuste e a sobrevivência. Aos 23 anos de idade, a sobrevivência foi de 69%, que pode ser considerada satisfatória, visto que o ensaio não foi desbastado. Os incrementos médios anuais foram altos em DAP (1,14 cm), altura (0,89 m), volume (0,0316 m³/árvore), indicando alto potencial silvicultural nesselocal. Os coeficientes de variação genética e de herdabilidade em altura, em nível de média de progênies ( 2 m h ), foram altos (mínimos de 5,7% e 0,85, respectivamente). Isso indica que o material tem potencial para ser melhorado geneticamente via seleção entre progênies. Ganhos genéticos foram estimados considerando-se a seleção sequencial entre e dentro de progênies. Os resultados mostraram a possibilidade de se capitalizar grandes progressos genéticos em todos os caracteres avaliados (29,1% a 85,4%). Esses ganhos foram estimados para plantios desse material com 23 anos de idade, em ambientes com características edafoclimáticas similares às da região de estudo e realizados com sementes originadas do presente teste após a seleção entre e dentro de progênies.The study was established to estimate genetic parameters and expected gains through selection, as well as to evaluate the silvicultural potential of Eucalyptus pellita, at 23 years of age in Batatais, São Paulo State, Brazil. Twenty five open-pollinated families sampled from the natural forest in Australia were tested. The trial was established in 1986 in a randomized block design with single plant plots replicated 100 times. In 2009, height, diameter at breast height, stem form and survival were assessed and the volume was estimated. The 69% survival rate was considered to be satisfactory, since it had never been thinned. The annual growth rate was high in DBH (1.14 cm), height (0.89 m), and volume (0.0316 m³/tree), indicating its high silvicultural potential on the site. The genetic variation and heritability in height at family level ( 2 m h ) were high (minimum of 5.7% and 0.85, respectively). This indicated the high potential of the material for further improvement through family selection. The estimates of genetic gains through sequential selection among and within families ranged from 29.1% to 85.4% in all traits. These are expected in stands of this material at 23 years of age on a similar site.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program