Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Parâmetros sanguíneos e desempenho de bovinos de corte em confinamento, submetidos a diferentes fontes de ionóforos Blood parameters and performance in steers feedlot subject to different ionophores sources

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Milton Maturana Filho | Marcos Garcia Oliveira | Gustavo Ribeiro Del Claro | Heloise Patricia Quintino Oliveira | Arlindo Saran Netto | Lisia Bertonha Correa | Marcos Aurélio Felicio Porcionato | Marcus Antonio Zanetti

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 11;
Issue: 3;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
Objetivou-se avaliar as concentrações sanguíneas de glicose e ureia e o desempenho de 36 garrotes da raça Nelore, castrados e confinados durante 100 dias de experimentação. Os tratamentos utilizados foram: 1) controle (sem suplementação de ionóforo), 2) 44mg de lasalocida/kg de matéria seca de concentrado e 3) 44mg de monensina/kg de matéria seca de concentrado. Como fonte de volumoso, foi utilizado o feno de Coast-Cross (Cynodon dactylon) na proporção de 30% da matéria seca da dieta total. Após 35 dias de experimento, foi observada redução da ingestão de matéria seca dos animais submetidos ao tratamento com monensina, com -6,3% e -5,9% em relação aos animais do grupo controle e aos do tratamento com lasalocida, respectivamente. Não houve efeito da suplementação de monensina e lasalocida sobre as concentrações sanguíneas de glicose e ureia durante todo o período experimental. Não foram observadas diferenças significativas no ganho médio diário, eficiência alimentar, rendimento de carcaça, área de olho de lombo e espessura de gordura subcutânea no decorrer do experimento. A concentração de 44mg/kg dos ionóforos em garrotes Nelore em terminação não altera o metabolismo energético e proteico e não melhora o ganho de peso, nem as características de carcaça.The present study was conducted to evaluate blood glucose and urea concentrations and estimate performance of 36 castrated Nelore steers, in feedlot during 100 days of experiment. Treatments utilized were: 1) control (no ionophore), 2) 44mg of lasalocid/kg of concentrate in dry matter and 3) 44mg of monensin/kg of concentrate in dry matter. As forage, it was used Coast-Cross (Cynodon dactylon) hay, in 30% of total ration. After 35 days of experiment, the dry matter intake decreased in monensin group, with –6,5% and –5,9%, for control and lasalocid groups. There were no effects of monensin and lasalocid supplementation in blood glucose and urea concentrations, no effects in daily gain, feed efficiency, carcass dressing percentage, rib eye area and subcutaneous fat thickness through the experiment. The concentration of 44mg/kg of ionophores in termination steers rations did not change the energy and protein metabolism and improved the weight gain as well carcass characteristics in Nelore steers in feedlot.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program