Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Parque Estadual da Ilha Anchieta – levantamento da qualidade da experiência do visitante. Ilha Anchieta State Park – visitor experience quality assessment.

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Silvia Yochie KATAOKA | Teresa Cristina MAGRO | Lea Yamaguchi DOBBERT | Luísa MACIEL | Demóstenes Ferreira da Silva FILHO

Journal: Revista do Instituto Florestal
ISSN 0103-2674

Volume: 23;
Issue: 1;
Start page: 137;
Date: 2011;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: manejo do uso público | percepção ambiental | qualidade da experiência de visitação | public use management | environmental perception | visitor experience quality.

ABSTRACT
A experiência de visitantes em uma área natural protegida pode ocorrer de forma diversificada entre diferentes públicos, associada à própriamaneira de avaliar a experiência e às expectativas iniciais. Fatores culturais, contexto socioeconômico e o grau de familiaridade dos diferentes indivíduos com o meio natural são determinantes à maneira com a qual eles recebem e percebem os benefícios de seus contatos com uma Unidade de Conservação. O Parque Estadual da Ilha Anchieta – PEIA foi eleito como área deste estudo por reunir a qualidade de praia e de ilha, dois fatores associados a expectativas relativamente diferentes, uma vez que ilhas sugerem sensação de isolamento e distância do cotidiano e praias estão maisassociadas ao convívio social e atividades recreativas. Com o objetivo de compreender as relações entre o visitante e as áreasnaturais e fornecer ferramentas ao manejo do uso público no Parque em questão, foram feitas entrevistas com visitantes durante a alta temporada de visitação do ano de 2004. Os resultados referentes às motivações e avaliações de aspectos de suas visitas revelam a existência de dois principais grupos de frequentadores que apresentam visões e comportamentos conflitantes. Entretanto, ao mesmo tempo em que o Parque recebe visitantes tão diversificados, a apreciação do contato com o ambiente natural se mostrou como um elo entre ambos, viabilizando ações de manejo do uso público que amplifiquem a qualidade da experiência de todos os visitantes com o ambiente natural.A Visitor experience in a natural protected area may occur differently among a different public, being associated to the way they evaluate their own experience and their first expectations. Cultural factors, social economic context and familiarity degree of the natural environment are crucial for how individuals receive and perceive the benefits of their contacts to a Protected Area. The State Park of Ilha Anchieta – PEIA was the study area elected for joining the quality and the isolation expectations within some people while providing rich scenery for recreational activities, related to social activities at a coastal environment. Reaching the comprehension of the relationship between the visitor and natural areas in order to provide tools for management of public use in the referred Park, visitors were interviewed during high season visitation in 2004.The results regarding the motivations and evaluations aspects of their visit reveal the existence of two main groups of visitors which shows conflicting views and behaviors. However, while the Park welcomes such diversified groups, the contact appreciation of the natural environment was shown as a link between them all, enabling management activities of public use which amplifies the quality of experience for every natural environment visitor.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program