Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Percepção das mães sobre o processo comunicacional na unidade de terapia intensiva neonatal

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Tarciany F. Fraga | Lúcia Nazareth Amante | Jane Cristina Anders | Maria Itayra Coelho de Souza Padilha | Luizita Henckemaeir | Roberta Costa | Lisnéia Fabiani Bock

Journal: Revista Eletronica de Enfermagem
ISSN 1518-1944

Volume: 11;
Issue: 3;
Start page: 612;
Date: 2009;
Original page

Keywords: Enfermagem Neonatal | Comunicação | Terapia Intensiva Neonatal.

ABSTRACT
Este estudo teve como objetivo compreender a percepção da mãe sobre o processo comunicacional entre esta e a equipe de enfermagem na internação do recém-nascido na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital escola do sul do Brasil. Conduziu-se a coleta de dados mediante entrevista semi-estruturada, realizada com sete mães de recém-nascidos internados neste setor em 2007. A análise dos dados foi qualitativa. As mães perceberam que o processo comunicacional era utilizado de forma inadequada por alguns membros da equipe de enfermagem; que a mecanização do cuidado e a falta de compromisso profissional influenciavam no processo de comunicação, tanto na compreensão das mensagens quanto no relacionamento interpessoal e no acolhimento. Os resultados revelaram a necessidade de preparar os profissionais de enfermagem sobre o atendimento a família e o uso da comunicação terapêutica, incluindo o seu ensino na graduação e na educação em serviço. Cabe ressaltar dois pontos essenciais para o cuidado das mães nas unidades assistenciais de saúde: oferta periódica de momentos educativos para a equipe de saúde sobre os temas comunicação e família e a inclusão dos temas família e comunicação na formação dos profissionais com o intuito de prepará-los para as situações desafiadoras no cuidado às famílias.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions