Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

PERFIL HIGIÊNICO-SANITÁRIO DAS UNIDADES DE PROCESSAMENTO DA FARINHA DE MANDIOCA (MANIHOT ESCULENTA CRANTZ) NA REGIÃO SUDOESTE DA BAHIA

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Lidiane Lacerda de OLIVEIRA | Tiyoko Nair Hojo REBOUÇAS

Journal: Alimentos e Nutrição
ISSN 0103-4235

Volume: 19;
Issue: 4;
Start page: 393;
Date: 2009;
Original page

Keywords: Saúde pública | casas de farinha | boas práticas de fabricação.

ABSTRACT
O presente trabalho objetivou realizar um diagnóstico higiênico-sanitário direcionado às unidades de processamento da farinha de mandioca na região Sudoeste da Bahia, visando detectar áreas/condições de risco à saúde pública em relação aos seguintes itens: situações e condições da edificação; equipamentos e utensílios; pessoal na área de produção / manipulação / venda; matérias-primas e produtos expostos à venda; fluxo de produção / manipulação / comercialização e controle de qualidade, além da obtenção de subsídios para elaboração de procedimentos adequados visando a qualidade em toda a fase de processamento da farinha de mandioca nesta região. A pesquisa foi realizada nos municípios de Vitória da Conquista, Belo Campo e Cândido Sales. O instrumento utilizado para coleta de dados foi a aplicação da “Ficha de Inspeção de Estabelecimentos na Área de Alimentos” (FIEAA), utilizada como modelo pelo Programa Alimentos Seguros, segmento indústria (PAS-INDÚSTRIA). A análise dos dados revelou deficiência em 100% das unidades de processamento da farinha de mandioca em todos os requisitos observados, comprovando a necessidade de medidas corretivas, visando garantir a inocuidade dos alimentos e a saúde do consumidor.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?