Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

A Pesquisa Pública e a Indústria Sementeira nos Segmentos de Semente de Soja e Milho Híbrido no Brasil

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marcos Paulo Fuck | Maria Beatriz Bonacelli

Journal: Revista Brasileira de Inovação
ISSN 1677-2504

Volume: 6;
Issue: 1;
Date: 2009;
Original page

ABSTRACT
Os últimos anos têm sido marcados por diversas mudanças na organização da pesquisa agrícola. Neste novo momento, as Instituições Públicas de Pesquisa Agrícola (IPPAs) estão perdendo o espaço ocupado durante a Revolução Verde. Atualmente, em diversos países do mundo, as empresas transnacionais têm sido as principais executoras de pesquisas sobre biotecnologia agrícola e, conseqüentemente, têm ampliado sua participação no mercado de sementes de importantes culturas agrícolas. Porém, entende-se que sem o fortalecimento das instituições de pesquisa locais, os países em desenvolvimento podem vir a ser meros receptores passivos de tecnologias desenvolvidas por tais empresas, não aproveitando as oportunidades a serem exploradas no campo da biotecnologia e não conseguindo se contrapor às estratégias das empresas transnacionais. No caso brasileiro, a forma de atuação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) é um bom exemplo de como um IPPA pode participar de modo competitivo desta nova era da pesquisa agrícola.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Save time & money - Smart Internet Solutions