Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

PHENOTYPIC ADAPTABILITY AND STABILITY OF COTTON CULTIVARS IN MATO GROSSO STATE, BRAZIL

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Fábio Akiyoshi Suinaga | Cristina Schetino Bastos | Luis Eduardo Pacifici Rangel

Journal: Pesquisa Agropecuária Tropical
ISSN 1517-6398

Volume: 36;
Issue: 3;
Start page: 145;
Date: 2006;
Original page

Keywords: Gossypium hirsutum | fibra | estabilidade de rendimento | interação genótipo-ambiente.

ABSTRACT
ADAPTABILIDADE E ESTABILIDADE FENOTÍPICA DECULTIVARES DE ALGODOEIRO NO ESTADO DOMATO GROSSO, BRASILO objetivo deste trabalho foi o de avaliar a adaptabilidadee a estabilidade de cultivares de algodão (Gossypium hirsutumL.), utilizando a metodologia proposta por Eberhart & Russell(1966). Para tanto, onze variedades de algodão foram avaliadasem sete locais do Estado do Mato Grosso, Brasil, em dois anosagrícolas (2002/2003 e 2003/2004). O delineamento experimentalempregado foi o de blocos casualizados com quatro repetições eas características avaliadas foram a produtividade de algodão emcaroço e a porcentagem de fibra. Com relação à produção dealgodão em caroço, as cultivares BRS Aroeira, BRS Ipê, BRSCedro, BRS Jatobá e Delta Opal demonstraram amplaadaptabilidade e estabilidade para as regiões produtoras doEstado. Entretanto, considerando a porcentagem de fibra, nãoforam encontradas cultivares de algodão com ampla adaptabilidadee estabilidade nos ambientes estudados.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil