Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Productive performance and economic evaluation of steers supplemented in the dry period in differed pastures, under two stoking rates. Desempenho produtivo e avaliação econômica de novilhos suplementados no período seco em pastagens diferidas, sob duas taxas de lotação

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Luís Carlos Vinhas Ítavo | Camila Celeste Brandão Ferreira Ítavo | Alexandre Menezes Dias | Manoel Francisco de Souza Martins Novais | Fabiano Ferreira da Silva | Rodrigo Gonçalves Mateus | Alex Resende Schio

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 8;
Issue: 3;
Date: 2007;
Original page

ABSTRACT
This study evaluated the final live weight (LW), stoking rate (SR), daily weight gain (DWG), total weight gain (TWG) per animal and hectare, hot carcass weight (HCW), carcass dressing (CD), arroba produced per animal and hectare, of steers in differed pastures, receiving protein-energetic supplement in the dry period of the year. Eighteen F1 (½ Canchim x ½ Nellore) steers, castrated, 24 months of age and 375 kg average were used. The treatments consisted: treatment 1 (T1) two animals per hectare receiving 2 kg of the protein-energetic supplement/animal/day and treatament 2 (T2) one animal per hectare receiving 1 kg of supplement/animal/day. Animals were placed in four paddock of Brachiaria brizantha cv. Marandú of three hectares (ha) each, which two paddock for each treatment, total of 12 ha differed during 60 days. For T1, the two paddocks had 6 animals each and for T2 the two paddock had 3 animals each. It was not observed any effect (P>0,01) on final LW, DWG, TWG, HCW, CD and the weight in arrobas per animal. The DWG was 1.12 and 1.05 kg/day respectively for T1 and T2. It was observed difference between T1 and T2 for the mean weight of 165.83 and 88.83 kg/hectare. T1 showed higher economic viability. It is recommendded the addition of stocking rate with protein-energetic supplement when differed pasture is used.Objetivou-se avaliar o desempenho produtivo de novilhos cruzados em pastagens diferidas, recebendo suplemento protéico-energético e mineral no período da seca. O experimento foi conduzido em Campo Grande, MS, de junho a setembro de 2005. Foram utilizados 18 novilhos F1 (Canchim x Nelore) castrados, com 24 meses de idade e 375 kg. Os tratamentos consistiram em duas taxas de lotação, sendo o tratamento 1 (T1) com dois animais por hectare recebendo 2 kg de suplemento protéico-energético e (T2) um animal por hectare recebendo 1 kg de suplemento protéico-energético. Os animais foram distribuídos em piquetes formados com Brachiaria brizantha cv. Marandú, com 3 hectares cada, sendo dois piquetes por tratamento, equipados com comedouro e bebedouro, totalizando 12 hectares que permaneceram vedados por 60 dias antes da entrada dos animais. Todos os animais foram previamente pesados, identificados, vermifugados e submetidos ao controle de ectoparasitas e endoparasitas. Os animais foram distribuidos em quatro piquetes, sendo dois piquetes com 6 animais cada, totalizando 12 animais no T1 e dois piquetes com 3 animais cada, totalizando 6 animais no T2. Não houve diferença no ganho de peso dos animais em função do tratamento, mas houve maior ganho por área no tratamento T1, que apesar do custo adicional de suplemento, demonstrou maior viabilidade econômica. Recomenda-se em situações de pastagens vedadas, com alta disponibilidade de forragem, um acréscimo na taxa de lotação com o fornecimento de suplemento proteíco-energético, afim de elevar a produtividade por área.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona