Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

O programa médico de família de Niterói como estratégia de implementação de um modelo de atenção que contemple os princípios e diretrizes do SUS Niteroi's family doctor program as a strategy to implement a care model that addresses SUS's principles and guidelines

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Luiz Carlos Moreira Hübner | Túlio Batista Franco

Journal: PHYSIS
ISSN 0103-7331

Volume: 17;
Issue: 1;
Start page: 173;
Date: 2007;
Original page

Keywords: Política de saúde | descentralização | saúde da família | Health policy | decentralization | family health

ABSTRACT
Este texto foi construído a partir da narrativa dos atores sociais envolvidos na gestão do Programa Médico de Família (PMF) de Niterói, que vivencia, desde 1992, sua concepção de modelo centrado na Estratégia de Saúde da Família, através de um desenho metodológico próprio, que difere em alguns aspectos da proposta do Ministério da Saúde. Tem o objetivo de revelar os modos de produção do cuidado com base nos processos desenvolvidos pelo PMF. Estes se referem ao processo de trabalho que envolve a equipe de base e uma equipe de supervisores técnicos; às práticas assistenciais centradas na concepção da produção social da saúde, referenciada no campo teórico da vigilância à saúde; e à produção de novos sujeitos históricos, profissional médico e população, com base em práticas de educação permanente, realizadas no próprio ambiente de trabalho e orientadas para a práxis, associada a processos de subjetivação disparados a partir do contato direto no ambiente social da população adscrita às equipes. A literatura que discute modelos tecnoassistenciais em saúde tem-se dedicado em grande medida ao estudo do Programa de Saúde da Família (PSF). Quanto ao PMF que foi inspiração para o próprio PSF, há pouca produção disponibilizada àqueles que buscam outros referenciais para modelos que trabalhem com a diretriz da vinculação de clientela a equipes assistenciais. Vale registrar que PMF e PSF, embora tenham inspiração na mesma matriz teórica da vigilância à saúde, na clínica do médico generalista e na diretriz central do vínculo, são na sua constituição e funcionamento diferentes, o que justifica estudos específicos de ambos os programas, ou estratégias de mudança do modo de produzir saúde.This text is based on the narrative of social actors involved in the management of Niteroi's Family Doctor Program (FDP), whose idea of a family health strategy-centered model appeared in 1992, through its own methodology design, which differs, in some aspects, from the Health Ministry's proposal. It aims at revealing care production modes based on the processes developed by FDP. These refer to the work process which involves the basic team and a team of technical supervisors; care practices centered on health social production conception, setting the surveillance theoretical field as its reference; and the production of new historical subjects, medical professional, and population, based on permanent education practices, performed in the very work environment and oriented to praxis, associated to subjectivation processes triggered by direct contact in the social environment of each population assigned to the teams. Literature on health techno-care models has devoted itself largely to the study of Family Health Program (FHP). As for FDP, which was an inspiration for FHP, there is little production available to those who seek other references to the models working with the guideline of linking the clientele to care teams. It is worth recording that FDP and FHP, though inspired in the same surveillance theoretical matrix, in the practice of the GP and on the central guideline of the bond, are different in their constitution and functioning, which explains specific studies of both programs, or change strategies for health producing mode.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions