Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Pruning times in seasonality, yield and quality of ‘Paluma’ guava fruits
Épocas de poda na sazonalidade, produção e qualidade dos frutos da goiabeira 'Paluma'

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Dayana Portes Ramos | Andréa Carvalho da Silva | Manoel Euzébio de Souza | Adilson Pacheco de Souza | Alexandre Martins Fragoso

Journal: Semina : Ciências Agrárias
ISSN 1676-546X

Volume: 32;
Issue: 3;
Start page: 909;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Psidium guajava | Produtividade | Sólidos solúveis | Acidez.

ABSTRACT
The purpose of the research was to evaluate the yield and quality of the ‘Paluma’ guava fruits submitted to the pruning in the June and July months/2007, in Botucatu, São Paulo state, Brazil. Number of fruits, fresh weight, longitudinal and transversal diameter, yield per plant, productivity, soluble solid (SS), acidity (AT), ratio (SS/AT), pH, content ascorbic acid, and total reducing sugars of the fruits were evaluated. The experimental design was completely randomized consisting of 3 treatments (2 times of pruning + control), with 12 replications for each treatment. It was observed that the guava trees which were not pruned showed, higher yield per plant (145.75 kg), yield (60.72 t ha-1) and, number of fruits per plant (1.163), when pruned in June and July. Regarding the quality of the fruit most of the variables were not affected by treatments, except for reducing sugars. The cycle between the pruning until early harvest concentrated fruit ranged from 197 to 234 days, and pruning in June had the smallest period.Foram avaliadas a produção e a qualidade dos frutos de goiabeiras ‘Paluma’ quando submetidas à poda de frutificação nos meses de junho e julho/2007, em Botucatu-SP. Para tanto, avaliaram-se o número de frutos por planta, massa e diâmetros longitudinal e transversal dos frutos, produção por planta, produtividade, sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), pH, ‘ratio’ (SS/AT), teor de ácido ascórbico e açúcares redutores totais (ART). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, constituído por 3 tratamentos correspondentes a 2 épocas de poda e testemunha (sem poda), com 12 repetições e uma planta útil por parcela experimental. Observou-se que as goiabeiras que não foram podadas apresentaram maior produção (145,75 Kg planta-1), produtividade (60,72 t ha-1) e número de frutos por planta (1.163), quando comparadas às podadas em junho e julho. Em relação à qualidade dos frutos, a maioria das variáveis avaliadas não apresentou diferença entre os tratamentos, exceto para os açúcares redutores totais. O ciclo entre a realização da poda até o início da colheita concentrada dos frutos variou de 197 a 234 dias, sendo que a poda realizada no mês de junho apresentou o menor período.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program