Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Quality and production of goat milk fed soybean hulls Produção e qualidade do leite de cabras alimentadas com casca do grão de soja em substituição ao milho moído

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Maximiliane Alavarse Zambom | Claudete Regina Alcalde | Karina Toledo da Silva | Francisco de Assis Fonseca de Macedo | Carlos Eduardo Crispim Oliveira Ramos | Jocilaine Garcia | Juliano Hideo Hashimoto | Luciano Soares de Lima

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 12;
Issue: 1;
Date: 2011;
Original page

ABSTRACT
The work aimed to evaluate productive performance and milk quality from Saanen goats fed rations with soybean hulls (SBH) as a cracked corn replacement (0%SBH, 50%SBH and 100%SBHH) after the lactation peak. Fourteen goats were used (78.04± 11.10kg) in a completely randomized design. The rations presented 14.84% of CP and 2.56Mcal of ME/kg DM intake. Animals were confined in individual pens, with daily control of ration intake and milk production. Every month, milk samples were collected to perform analyses of fat, protein, lactose and total solid percentage. Differences were not observed among treatments for live weight, daily weight gain and intake of dry matter (DMI, kg/day), organic matter, crude protein and neutral detergent fiber, likewise for milk production, milk production efficiency (kg of milk produced by kg of DMI) and milk composition (%fat, %protein, % lactose and % total solids). However, for milk urea concentration, 100%SBH treatment presented the greatest values. Related to milk fatty acids profile, there was difference among treatments for some fatty acids, and all ratios between categories of milk fat acids were different among the treatments. Soybean hulls can be used as a cracked corn replacement in rations for Saanen goats after the lactation peak without changes in productive performance and the physical-chemical quality of milk.Objetivou-se com a realização deste trabalho avaliar o desempenho produtivo e a qualidade do leite de cabras Saanen alimentadas com rações que continham casca do grão de soja (CGS) em substituição ao milho em grão moído (0%CGS, 50%CGS e 100%CGS) após o pico de lactação. Foram utilizadas 14 cabras (78,04 ± 11,10kg) distribuídas em delineamento inteiramente casualizado. As rações apresentaram em média 14,84% de PB e 2,56Mcal de EM/kg MS ingerida. Os animais permaneceram confinados em baias individuais, com controle diário da ração ingerida e da produção de leite. Mensalmente foram coletadas amostras de leite para análise dos seguintes constituintes: teores de gordura, proteína, lactose e sólidos totais. Não foram observadas diferenças para peso vivo, ganho médio diário, ingestões de matéria seca, de matéria orgânica, de proteína bruta e de fibra em detergente neutro, tal como, para produção de leite, eficiência de produção de leite e constituintes do leite. No entanto, para a concentração de nitrogênio ureico no leite o tratamento com 100% de casca do grão de soja apresentou os maiores valores. Quanto ao perfil de ácidos graxos do leite, foi verificada diferença entre os tratamentos para alguns ácidos graxos, e todas as relações entre as principais classes destes diferenciaram entre os tratamentos. A casca do grão de soja pode ser utilizada em substituição ao milho moído em rações para cabras Saanen após o pico de lactação, sem alterar o desempenho produtivo e a qualidade físico-química do leite.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?