Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Reinsertion of the aging worker on job market: is cluster an alternative? Reinserção do trabalhador idoso no mercado de trabalho: cluster é uma alternativa?

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Flávio Henrique dos Santos Foguel | Miguel Arantes Normanha Filho

Journal: Revista Ibero-Americana de Estratégia
ISSN 2176-0756

Volume: 5;
Issue: 2;
Start page: 63;
Date: 2007;
Original page

Keywords: Cluster. Comunidade. Reinserção do trabalhador idoso.

ABSTRACT
This essay  focus  on the reinsertion of the aging worker,  specialized  worker,  connected  to  the productive  sector  of  micro,  small  and  middle companies,  satisfactorily  and  deservingly,  in  a cluster  or  in  a  Local  Productive  Arrangement (LPA), defined for this study as community. Aging people  is considered,  in  this work, as  a multiplier  of  knowledge,  bringing  as  consequence the  valuation  and  the  perpetuation  of  the  local culture, by means of the permanence of the new generations on their communities, resulting on a sustainable development. The study of this ques-tion is justified by the necessity of a greater com-mitment and effort  from each  society sector on creation of a new paradigm  to the work,  which includes the aging people reinsertion together the young  workers  insertion.  An  effort  which  will preserve  the  competitiveness  market  benefits with clear rules and borders, keeping the human development  and the  equity  as main objectives, which enlarges the child and the young formation focused  on  the  market  job,  creating  conditions of  work to  aging  people, that are abandoned  in many aspects of their social life, specially by the family, and that in its great majority are destitute of financial resources to live with dignity. Este ensaio trata da reinserção do trabalhador ido-so,  operário especializado,  ligado ao  setor  produ-tivo de micro, pequenas  e médias  empresas, com satisfação  e dignidade, em um  cluster  (aglomera-ção  geográfica  de  empresas  interconectadas  de segmentos específicos e/ou correlatos) ou em um arranjo produtivo local (APL) definido, para efeito de estudo, como  comunidade. Vislumbramos,  no idoso, um multiplicador de conhecimento, que tem papel fundamental tanto na valorização quanto na perpetuação da cultura local, por meio da perma-nência nas novas gerações das comunidades, que resulta em um  desenvolvimento  sustentável.  Es-tudar essa questão justifica-se pela necessidade de maior comprometimento e esforço de todos os se-tores da sociedade na criação de paradigmas para o trabalho que levem em consideração a reinserção do idoso nesse processo que, a cada ano, admite a entrada de um novo contingente de jovens traba-lhadores, além de aproveitá-los em ações comuni-tárias.  Ao  mesmo  tempo  que  procura  fazer esse trabalho de inclusão, busca preservar os benefícios dos  mercados  competitivos  por  meio  de  regras e  fronteiras  claras,  que  tenham  como  objetivos principais promover  o  desenvolvimento  humano, garantir a eqüidade e ampliar o foco da formação da  criança  e do  jovem para o mercado de traba-lho absurdamente competitivo, criando condições para  a pós-vida útil de trabalho, na qual se insere o idoso, que é abandonado em muitos aspectos da vida  em  sociedade,  especialmente  pela  família  e que, muitas vezes, carece de recursos financeiros para sobreviver com dignidade.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions