Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Repercussões da variabilidade na saúde do enfermeiro intensivista

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Élissa Jôse Erhardt Rollemberg Cruz | Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza

Journal: Revista Eletronica de Enfermagem
ISSN 1518-1944

Volume: 10;
Issue: 4;
Start page: 1102;
Date: 2008;
Original page

Keywords: Enfermagem | Saúde do Trabalhador | Unidades de Terapia Intensiva | Mudança Organizacional.

ABSTRACT
Estudo qualitativo e descritivo, que teve como objeto a influência das situações de variabilidade na saúde do enfermeiro intensivista. Objetivou-se identificar situações de variabilidade e discutir as repercussões da variabilidade na saúde do enfermeiro intensivista. As informações foram coletadas num centro de terapia intensiva (CTI) de um hospital da rede privada de saúde no Rio de Janeiro. Os sujeitos foram 13 enfermeiros intensivistas em atuação neste CTI há pelo menos um ano. O instrumento de coleta foi entrevista semi-estruturada, realizada entre Setembro/2006 e Outubro/2006. O método de análise caracterizou-se na análise de conteúdo. O tratamento das informações demonstrou que os enfermeiros conhecem as situações de variabilidade e que estas alteram o processo saúde-doença, resultando em irritabilidade, elevação da pressão arterial, cansaço, dores, tensão muscular e estresse. Entretanto, as ocorrências de algumas são passíveis de serem restringidas. Estratégias de enfrentamento foram apontadas e perpassam desde a sistematização da assistência, até melhores salários, condições de trabalho e o auto-conhecimento. Concluiu-se que os enfermeiros vivenciam em sua rotina laboral muitas situações de variabilidade, implicando na rápida mobilização de suas potencialidades psicofísicas e cognitivas, repercutindo negativamente em sua saúde.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?