Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Reproductive biology of the flatfish Etropus crossotus (Pleuronectiformes: Paralichthyidae) in the Paranaguá Estuarine Complex, Paraná State, subtropical region of Brazil

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Elton Celton de Oliveira | Luís Fernando Favaro

Journal: Neotropical Ichthyology
ISSN 1679-6225

Volume: 9;
Issue: 4;
Start page: 795;
Date: 2011;
Original page

Keywords: First maturation length | Partially spawned | Recruitment | Reproductive period

ABSTRACT
The present work studied the reproduction of the flatfish Etropus crossotus in the Paranaguá Estuarine Complex, Paraná State, subtropical region of Brazil. Monthly collections of biological material occurred from October 2008 to October 2009, at seven sampling sites, through ten-minute otter trawl surveys in the shallow infralittoral areas of the estuary. Temperature, water salinity, photoperiod, and rainfall data were also recorded. Ovarian histology was used to: 1 - describe ovarian development microscopically, 2 - make the quantitative analyses of both sexes more precise. The maturation curve, the frequency of gonadal maturation states and the condition factor verified that the reproductive period occurred from October to January. The frequency of young and adult individuals established that the recruitment period occurred in January and February. There were no significant differences in the sex ratio during the study period. The studied species completes its entire life cycle in an estuary and its reproduction is well-synchronized with the temporal variations implicit in subtropical regions.O presente trabalho estudou a reprodução do linguado Etropus crossotus no complexo estuarino de Paranaguá, região subtropical do Brasil. Coletas mensais de material biológico ocorreram de outubro de 2008 a outubro de 2009, em sete pontos amostrais, através da realização de dez minutos de arrasto de porta no infralitoral raso do estuário. Ainda, foram obtidos dados de temperatura e salinidade da água, fotoperíodo e pluviosidade para caracterização do ambiente. A histologia de ovário foi utilizada para: 1- descrever microscopicamente o desenvolvimento ovariano, 2- conferir precisão aos resultados das análises quantitativas de ambos os sexos. Através da curva de maturação, da frequência de estádios de maturação gonadal e do fator de condição verificou-se que o período reprodutivo ocorreu de outubro a janeiro. A partir da frequência de indivíduos jovens e adultos constatou-se que o período de recrutamento ocorreu em janeiro e fevereiro. Não se obteve diferenças significativas na proporção sexual ao longo do período estudado. A espécie estudada completa todo o seu ciclo de vida em estuários e sua reprodução mostrou-se bem sincronizado às variações temporais implícitas em regiões subtropicais.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program