Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Research of antibodies anti-brucella ovis in ovine the eight city of recôncavo baiano Detecção de anticorpos anti-"Brucella ovis" em ovinos do Estado da Bahia

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Nairléia Santos Silva | Iracema Nunes Barros | Maurício Gautério Dasso | Maria das Graças Ávila Ribeiro Almeida | Sônia Silva Laborda | Antonio Vicente Magnavita Anunciação | Eduardo Luiz Trindade Moreira | Alessandra Estrela Silva Lima | Eugenia Márcia de Deus Oliveira

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 10;
Issue: 4;
Date: 2009;
Original page

ABSTRACT
Ovine brucellosis is a contagious disease caused by Brucella ovis, characterized by clinical marked as epididymitis, abortion and lambs neonatal mortality, leading to reduction in reproductive efficiency of livestock and causing great economic damage. Considering the lack of seroepidemiologic data about B. Ovis in the State of Bahia and the importance of this disease in the economic sphere of sheep rearing, the design of this study aimed to achieve serum inquiry to investigate toe occurrence of anti-Brucella ovis in sheep in the Recôncavo Baiano. 183 serum samples were submited to the test of agar gel immunodiffusion (AGIO) using soluble antigens produced by the Veterinary Research Center Oesidério Finamor (CPVOF) in Rio Grande do Sul. Six (3.27%) showed serological evidence of infection by B. Ovis Of 183 sera from sheep investigated by the AGIO to search for evidence of anti-Brucella ovis, with no significant difference between age and sex (p = 2.0 and p = 0.60, respectively) of animais with the proportion of sheep seropositives. The results obtained by serological survey have been lead to accept that the infection by B. Ovis it is present in commercial herds of sheep in the state of Bahia, and requiring more extensive studies in sheep population, adoption of sanitary measures of prevention and control to prevent the spread of the disease.A brucelose ovina é uma doença de caráter contagioso, causada por Brucella ovis, caracterizada por um quadro clínico de epididimite, abortamento e mortalidade neonatal de cordeiros, levando a redução da eficiência reprodutiva dos rebanhos e provocando grandes perdas econômicas. Considerando a ausência de dados epidemiológicos, sobre a B. ovis no estado da Bahia e sua importância econômica para ovinocultura, o presente trabalho teve por objetivo realizar inquérito sorológico para investigar a ocorrência de anticorpos anti-Brucella ovis em ovinos no recôncavo baiano. Foram submetidas 183 amostras de soro ao teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA), utilizando antígenos solúveis produzidos pelo Instituto de Pesquisa Veterinária Desidério Finamor no Rio Grande do Sul. Dos 183 soros de ovinos investigados pela prova de IDGA para pesquisa de anticorpos anti-Brucella ovis, seis (3,27%) apresentaram evidência sorológica da infecção por B. ovis, não havendo diferença significativa entre a idade e sexo (P=2,0 e P=0,60, respectivamente) dos animais com a proporção dos reativos. Os resultados obtidos pelo inquérito sorológico realizado sugerem que a infecção por B. ovis faz-se presente nos rebanhos comerciais de ovinos do estado da Bahia, necessitando de estudos mais amplos na população ovina, adoção de medidas sanitárias de controle e prevenção para evitar a propagação da doença.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program