Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Segmentação de Objetos de Aprendizagem e Abordagens Para Sua Utilização

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Edmar Welington Oliveira | Sean Wolfgand M. Siqueira | Maria Helena L. B. Braz

Journal: Revista Brasileira de Informática na Educação
ISSN 1414-5685

Volume: 18;
Issue: 1;
Start page: 76;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Objetos de Aprendizagem Reutilizáveis | Segmentação | Composição | Metadados | Meta-modelo de conteúdo | Metodologia.

ABSTRACT
O desenvolvimento de materiais instrucionais no contexto da Educação Baseada na Web é particularmente importante. Entretanto, este processo, principalmente em relação àqueles que incorporam características multimídias, é considerado caro e demorado, razões pelas quais se justifica a abordagem de reutilização. Neste contexto, o uso conjunto de Objetos de Aprendizagem (OAs) e seus respectivos metadados têm sido amplamente adotados. Entretanto, apesar do uso de padrões de metadados para OAs tornar sua aceitação mais ampla, muitos usuários demonstram dificuldades em utilizar e reutilizar tais OAs, principalmente se o interesse está restrito a partes específicas do conteúdo destes materiais. Da forma como os mesmos são atualmente estruturados, só é possível reutilizá-los considerando-se o acesso aos seus conteúdos como um todo. Logo, a tendência é que os mesmos fiquem cada vez menores, pois quanto mais granulares estiverem os conteúdos, mais facilmente será possível reutilizá-los em diferentes contextos educacionais. Uma proposta para permitir o acesso e o reuso de partes específicas de seus conteúdos é prover uma descrição estruturada de tais partes – configurando-as como segmentos de informação reutilizáveis. Assim, este artigo descreve uma arquitetura e sistemática para representar o conteúdo de OAs em um nível mais granular do que o considerado na sua construção, propondo sua estruturação em segmentos de informação reutilizáveis. Uma vez desenvolvidos, os segmentos podem ser mais facilmente utilizados em diferentes abordagens educacionais. Algumas abordagens de utilização de tais segmentos também são propostas e avaliadas através de um estudo de caso, a saber: composição de segmentos; uso de modelos de conteúdo na descrição de segmentos; uso de segmentos em um cenário de aprendizagem colaborativa e exploração de inferências lógicas através de regras e relacionamentos estabelecidos entre segmentos.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?