Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Seguimento de mulheres laqueadas arrependidas em serviço público de esterilidade conjugal

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Fernandes Arlete Maria dos Santos | Arruda Maurício De Souza | Palhares Marco Antônio Rocha | Benetti Junior Nei Danilo | Moreira Cristiane Menabo

Journal: Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia
ISSN 0100-7203

Volume: 23;
Issue: 2;
Start page: 69;
Date: 2001;
Original page

Keywords: Infertilidade | Laqueadura tubárea | Reanastomose tubárea

ABSTRACT
Objetivo: analisar o seguimento de mulheres arrependidas que buscaram reversão da laqueadura tubárea em serviço público. Métodos: foi realizado estudo retrospectivo das causas do arrependimento e dos resultados do tratamento em cima da população de mulheres com laqueadura tubárea atendida em Ambulatório de Esterilidade Conjugal, no período de junho de 1983 a junho de 1998. A análise dos dados foi descritiva. Resultados: entre as 147 mulheres que procuraram o serviço, a maioria tinha idade entre 20 e 30 anos e 60% delas havia sido submetida à laqueadura tubárea antes dos 25 anos de idade. Durante o acompanhamento, 54,4% das mulheres desistiram do tratamento, 15% foram desaconselhadas a seguir a investigação e somente 31 mulheres (21%) foram submetidas à reanastomose tubárea. Quatorze mulheres engravidaram, e destas, nove (6,1%) tiveram gestações a termo. Conclusão: as mulheres que requerem laqueadura devem ser aconselhadas e esclarecidas sobre o caráter definitivo do método, tentando-se diminuir o arrependimento após o procedimento.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program