Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Seleção genética de Biomphalaria glabrata e Biomphalaria tenagophila visando a alteração da suscetibilidade e resistência ao Schistosoma mansoni

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Zuim Nádia Regina Borim | Zanotti-Magalhães Eliana Maria | Magalhães Luiz Augusto | Linhares Arício Xavier

Journal: Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
ISSN 0037-8682

Volume: 38;
Issue: 5;
Start page: 387;
Date: 2005;
Original page

Keywords: Biomphalaria glabrata | Biomphalaria tenagophila | Schistosoma mansoni | Suscetibilidade

ABSTRACT
Gerações de Biomphalaria glabrata e Biomphalaria tenagophila selecionadas geneticamente para resistência e suscetibilidade ao Schistosoma mansoni das linhagens BH e SJ foram utilizadas no estudo da adaptação do trematódeo ao hospedeiro intermediário. As gerações dos planorbídeos foram obtidas por autofecundação dos moluscos que se apresentaram suscetíveis ou resistentes após a exposição aos miracídios de Schistosoma mansoni. Para Biomphalaria glabrata foram obtidas as gerações: Parental, F1S (Suscetível), F1R (Resistente), F2S e F2R. Para a Biomphalaria tenagophila foram estudadas as gerações: Parental, F1S, F1R e F50S. A comparação das taxas de infecção apresentadas pelas diferentes gerações mostrou que, em ambas as espécies, o aumento da suscetibilidade foi mais facilmente obtido do que o aumento da resistência. A dificuldade em aumentar a resistência do molusco ao S. mansoni tem fortes implicações epidemiológicas.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?