Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

SEMEADURA DIRETA DE TIMBAÚVA (Enterolobium contortisiliquum), CANAFÍSTULA (Peltophorum dubium) E CEDRO (Cedrela fissilis) EM CAMPOS ABANDONADOS

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Geri Eduardo Meneghello | Vilmar Luciano Mattei

Journal: Ciência Florestal
ISSN 0103-9954

Volume: 14;
Issue: 2;
Start page: 21;
Date: 2004;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: reflorestamento | espécies nativas | herbicidas | recuperação de áreas degradadas

ABSTRACT
Foram avaliadas as espécies timbaúva (Enterolobium contortisiliquum), canafístula (Peltophorum dubium) e cedro (Cedrela fissilis) com semeadura direta em campos abandonados, quanto à eficiência da utilização do laminado de madeira como protetor físico e o manejo inicial da cobertura vegetal, através da aplicação de herbicida ou capina manual em torno da cova de semeadura. A semeadura foi realizada em covas separadas de 1 m na fileira e 2,5 m entre fileiras. Foram avaliadas as variáveis emergência, sobrevivência e número de covas com pelo menos uma planta, até sete meses após a semeadura. Os resultados encontrados possibilitaram concluir que as espécies nativas timbaúva, canafístula e cedro possuem potencial para serem utilizadas no método de regeneração por semeadura direta em campos abandonados. A utilização do laminado como protetor físico favorece o estabelecimetno inicial de plantas de cedro, especialmente por contribuir para uma menor mortalidade inicial. O manejo inicial de plantas daninhas, através da utilização de herbicida dessecante, no momento da semeadura, proporciona condições para a obtenção de maior densidade populacional inicial de plantas de timbaúva e cedro.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?