Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Significações de paternidade adotiva: um estudo de caso Meanings of adoptive fatherhood: a case study

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Raylla Pereira de Andrade | Nina Rosa do Amaral Costa | Maria Clotilde Rossetti-Ferreira

Journal: Paidéia (Ribeirão Preto)
ISSN 0103-863X

Volume: 16;
Issue: 34;
Start page: 241;
Date: 2006;
Original page

Keywords: paternidade | adoção | rede de significações | família | fatherhood | adoption | network of meanings | family

ABSTRACT
Movimentos sociais do final do século XX questionaram a distribuição de papéis nos múltiplos arranjos familiares e favoreceram maior participação paterna nos cuidados infantis. Adotar é uma possibilidade de tornar-se pai. O objetivo desta pesquisa foi investigar significações de paternidade no processo de adoção de um bebê. Usou-se a perspectiva da Rede de Significações em interlocução com estudos sobre adoção, gênero e família. Seis entrevistas realizadas com dois homens casados adotantes de bebês foram lidas exaustivamente, sendo estabelecidos eixos de significação organizadores do corpus. A análise mostra que esses pais significam o filho como sua "continuidade" no mundo e decorrência "natural" do casamento. Ambos supervalorizam sua função de provedor e se posicionam como "ajudantes" da mãe nos cuidados infantis. A adoção aparece como solução à infertilidade. A revelação é tida como necessária, porém difícil. Esses pais se dizem satisfeitos com o papel parental, mostrando paternidades multifacetadas e constantemente negociadas.Late twentieth century social movements questioned the distribution of roles in the family, and favored a wider father participation in child care. To adopt is a possibility of becoming a father. This study aimed to investigate the meanings about fatherhood which emerge in the process of adopting a baby. The network of meanings theoretical-methodological perspective was used, together with studies on adoption, gender and family. Six interviews made with two married men who adopted babies were thoroughly read to establish some relevant meanings which emerged from the corpus. The analysis showed that those fathers meant the child as a "continuity" of themselves and as a "natural" consequence of marriage. Both emphasized their function as resources providers and positioned themselves as mother's "helpers" in the care for their child. The adoption appears as a solution for infertility. Revelation is considered necessary, but difficult. Those fathers are happy with their role.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?