Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Simetrias e assimetrias no contexto do povo Kadiwéu

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Pedro Paulo Scandiuzzi | Sonia Regina Coelho

Journal: Revista Latinoamericana de Etnomatemática
ISSN 2011-5474

Volume: 1;
Issue: 2;
Start page: 4;
Date: 2008;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Simetria | Assimetria | Corpo Humano | Arte | Kadiwéu | Symmetry | asymmetry | Human Body | Art | Kadiwéu

ABSTRACT
O corpo humano apresenta uma assimetria entre a frente e o dorso. Essa assimetria natural é responsável pelo fato de que as ações orientadas para trás sejam geralmente desajeitadas e menos efetivas. Assim, a ação e percepção ativas sempre se orientam para a frente. Considerando-se o corpo de uma vista frontal, observamos que o lado esquerdo não se apresenta exatamente si métrico ao direito. A assimetria é uma característica dos seres humanos. Se um rosto fosse exatamente espelhado, seria o de um boneco ou robô. Os povos indígenas brasileiros possuem ideais de beleza corporal e valores estéticos que só podem ser compreendidos por meio de sua cultura. Entre eles, o povo Kadiwéu possui pinturas corporais particularmente interessantes pois trazem simetrias e assimetrias mais elaboradas. Elas são diferenciados de acordo com a hierarquia dos status, possuindo assim uma função sociológica. Os desenhos Kadiwéu são geométricos, de grande beleza e equilíbrio. Esses desenhos aparecem não só no corpo, mas também na cerâmica, couros, esteiras e objetos de uso doméstico, como potes para água, moringas ou tigelas com formas exóticas.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?