Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Síndrome do túnel do carpo: aspectos atuais

ADD TO MY LIST
 
Author(s): KOUYOUMDJIAN JOÃO ARIS

Journal: Arquivos de Neuro-Psiquiatria
ISSN 0004-282X

Volume: 57;
Issue: 2B;
Start page: 504;
Date: 1999;
Original page

Keywords: síndrome do túnel do carpo | nervo mediano | condução nervosa | neuropatia compressiva

ABSTRACT
Baseado na experiência eletrofisiológica do autor em 668 pacientes e em dados de literatura, foi realizada revisão sobre síndrome do túnel do carpo (STC) analisando aspectos clínico-epidemiológicos e de conducão nervosa. O nervo mediano sofre desmielinização nodal ou segmentar por compressão no túnel do carpo, 3-4 cm distal à prega do punho. O complexo sintomátíco inclui dormência e fomigamento noturno nas mãos, frequentemente bilateral e mais comum em mulheres na faixa etária de 40-60 anos. São descritos casos familiares em que a herança poderia determinar ligamento transverso do carpo mais espesso. Fatores antropomórficos podem também representar risco adicional porém com pouca significância estatística. Ressonância magnética pode ser útil em casos selecionados e atípicos. São discutidos aspectos do tratamento conservador e controvérsias do tratamento cirúrgico. Na condução nervosa clássica observa-se aumento de latência distal sensitiva (segmentar) e motora do nervo mediano. Métodos adicionais de sensibilização incluem latência palma-punho do mediano (misto), diferença de latência palma-punho mediano/ulnar (misto), diferença de latência mediano/radial e mediano/ulnar (sensitivo), técnica da centimetragem punho-palma com registro no II/III dedos e diferença mediano/ulnar com registro lumbrical/interósseo (motor).
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions