Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

O sonho e a literatura: mundo grego

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Meneses Adélia Bezerra de

Journal: Psicologia USP
ISSN 0103-6564

Volume: 11;
Issue: 2;
Start page: 187;
Date: 2000;
Original page

Keywords: Sonho | Poesia | Literatura grega

ABSTRACT
A proposta é abordar não só o significado de que se revestem as produções oníricas no mundo grego, mas a congenialidade entre sonho e Literatura. Com efeito, tanto no sonho como na poesia, domínios do Mythos e não do Logos, colocam-se em ação energias cognitivas do inconsciente. Na Grécia, onde, como todos sabemos, o sonho tem valor oracular, as funções de adivinho e de poeta se sobrepõem, na capacidade de enxergar para além das aparências sensíveis, de ver o que Walter Benjamin chama de "semelhanças invisíveis." Há questões que, de Homero e Ésquilo a Artemidoro de Daldis, passando por Aristóteles, perpassam o pensamento (e a vivência) dos gregos, e que nos acostumamos creditar à Psicanálise: a relação da fantasia com o desejo, a sensorialidade da imaginação, o privilégio do significante, a eficácia da palavra (à qual é atribuído um explícito valor terapêutico), a importância fulcral da analogia (tanto na produção como na interpretação de sonhos e poesia), etc, etc. Finalmente, um último item dirá respeito à historicidade do símbolo e à existência de "arquétipos culturais".
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions