Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Substituindo o uso de bordaduras laterais por repetições em experimentos com milho

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Oliveira Sérgio José Ribeiro de | Feijó Sandra | Storck Lindolfo | Lopes Sidinei José | Martini Luiz Fernando Dias | Damo Henrique Perin

Journal: Ciência Rural
ISSN 0103-8478

Volume: 35;
Issue: 1;
Start page: 10;
Date: 2005;
Original page

Keywords: Zea mays | delineamento experimental | precisão

ABSTRACT
O uso de bordaduras, aliado ao número adequado de repetições para definir um plano experimental, tem sido pouco estudado. Dois híbridos de milho foram avaliados com o objetivo de estimar o número de repetições necessários, substituindo-se o uso de bordaduras laterais por um maior número de filas por parcela. Foram utilizados oito tratamentos que proporcionaram comparar parcelas de duas, três, quatro e cinco filas, com e sem as duas bordaduras laterais, além de duas e três filas com bordadura simples. Verificou-se que não houve diferenças entre as estimativas das médias de híbridos e dos diferentes tipos de parcelas e nem efeito da interação entre tipos de parcelas e híbridos. Constatou-se homogeneidade nas estimativas das variâncias entre os tipos de parcelas para os dois híbridos. Em experimentos de comparação de híbridos de milho, não é vantajoso substituir o uso de bordaduras por um número maior de repetições. No entanto, um maior número de repetições, sendo que oito repetições de parcelas de duas filas, proporcionam os planos experimentais mais precisos.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona