Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

TEORIAS JUSTIFICATIVAS DA CONTABILIDADE SOCIAL: A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES DE CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS NO DISTRITO FEDERAL

ADD TO MY LIST
 
Author(s): ABRAÃO PERPÉTUO GUIMARÃES | CLÁUDIO MOREIRA SANTANA

Journal: Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade
ISSN 1981-8610

Volume: 1;
Issue: 2;
Start page: 1;
Date: 2007;
Original page

Keywords: Social Accounting | Stakeholders Theory | Legitimation Theory | Radical/Revolutionary Theory

ABSTRACT
Com as mudanças ocorridas no cenário mundial, cresceu a pressão por informações sobre a influência das atividades da empresas na sociedade. A Contabilidade Social apresenta-se como o ramo da contabilidade responsável por prestar informações em resposta às pressões exercidas pelos atores sociais, pelos investidores e pela própria administração. Várias são as teorias para o surgimento da área, entre essas, destacam-se a Teoria dos Stakeholders, a Teoria da Legitimação e a Teoria Radical/Revolucionária. Este trabalho apresenta a percepção de discentes de cursos de Ciências Contábeis no Distrito Federal em relação a essas teorias, visto que os discentes de hoje serão, no futuro, contadores e parte do processo de evidenciação da interação das empresas com a sociedade. Constatou-se que, para a amostra estudada, a percepção predominante é de que não seja necessária uma brusca ruptura na contabilidade para que esta possa atender aos interesses sociais de informação, ou seja, para esses futuros contadores há a necessidade deste tipo de informação da empresa, mas não é necessário que se crie uma nova contabilidade para se fornecer esta informação.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?