Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Tolerância a agente curarizante provocada pela administração repetida da droga Tolerance to curarizing drug induced by chronic administration: an experimental study

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Antonio Carlos Zanini | Octavio Slemer | José Edmilson Fernandes

Journal: Arquivos de Neuro-Psiquiatria
ISSN 0004-282X

Volume: 32;
Issue: 1;
Start page: 31;
Date: 1974;
Original page

ABSTRACT
Baseados em teoria discutível segundo a qual a miastenia grave é provocada pela presença no sangue de substância curarizante liberada pelo timo, tentou-se reproduzir um modelo experimental. Foram utilizados 40 ratos, criados nas mesmas condições, nascidos no mesmo dia, pesando ao redor de 350 g e divididos em 4 grupos: o Grupo I não foi manuseado; no Grupo II foi injetada solução fisiológica, 1 ml i.p. durante 6 semanas; no Grupo III foi injetada a dimetil tubocurarina (DMT) 2,8 mcg/kg i.p., durante o mesmo tempo; no Grupo IV 14 mcg/kg da mesma droga foram injetados i.p. Uma semana após a última injeção i.p. os ratos, anestesiados, foram preparados para registro neuromuscular. O nervo ciático foi estimulado nas freqüências de 0,33 pulsos/seg, 70 pulsos/seg (séries de 10 pulsos a intervalos de 3 seg), 70 pulsos/seg (mantidos por 15 seg) e novamente 0,33 pulsos/seg logo após a tetanização. A dose curarizante de DMT foi determinada por uma "terceira parte cega" quando 80% do bloqueio era alcançado. Quando apenas 10 estímulos em alta freqüência foram aplicados ao nervo, foi observada diferença significativa (p
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?