Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Trabalho, educação e família: perspectivas para a pessoa com deficiência intelectual Work, education and family: perspectives for the person with intellectual disability

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Fernanda Duarte Rosa | Fátima Elisabeth Denari

Journal: Revista Educação Especial
ISSN 1808-270X

Volume: 26;
Issue: 45;
Start page: 73;
Date: 2013;
Original page

ABSTRACT
http://dx.doi.org/10.5902/1984686X4842 A realidade vivenciada por pessoas portadoras de deficiências tem se tornado foco de estudos e discussões, principalmente no que diz respeito à sua inclusão e integração social. As leis se colocam a favor de mudanças, no entanto o que vemos na prática ainda está longe de ser um panorama ideal e de real igualdade de oportunidades de inserção. Quando falamos de pessoas com Deficiência Intelectual (DI) em idade adulta, verificamos que se trata de um assunto ainda pouco explorado, porém inserido neste complexo cenário vivenciado por pessoas portadoras de deficiências, um cenário ainda permeado pelo estigma e pela exclusão. A maioria destas pessoas se encontra fora do mercado de trabalho, muitas sendo alocadas no ensino de Jovens e Adultos (EJA) e ainda dependentes de seus familiares. Este estudo visa compreender a realidade vivida por um adulto com DI e sua família, identificando as características de sua rotina, demandas e serviços de apoio existentes. Para isto, este trabalho utilizou como método a análise de conteúdo, com o uso de uma entrevista. Verificou-se nos relatos obtidos que a família estudada se mostra aparentemente dentro do panorama verificado na literatura sobre pessoas portadoras de deficiência, o adulto com DI não se encontra inserido no mercado de trabalho e é totalmente dependente economicamente dos pais, no entanto, existem expectativas futuras otimistas e um olhar positivo para a deficiência, vista como parte do cotidiano e não como uma sobrecarga para a família.Palavras-chave: Deficiência intelectual; Adulto; Estudo de caso. The reality experienced by people with disabilities has become the focus of studies and discussions, particularly with regard to their social inclusion and integration. Laws arise for changes, but what we see in practice is is far from ideal and an overview of real equality of opportunities for integration. When we speak of people with Intellectual Disability (ID) in adulthood, we find that it is a subject still little explored, though inserted in this complex situation experienced by people with disabilities, a scenario still permeated by the stigma and exclusion. Most of these people outside the labor market, many being allocated in the teaching of Youths and Adults (EJA) and still dependent on their families. This study aims to understand the reality experienced by an adult with ID and their families, identifying the characteristics of your routine, demands and existing support services. Therefore, this study utilized as a method to content analysis with the use of an interview. It was found were reported by the family studied is shown in the picture apparently found in the literature about people with disabilities, adults with ID is not inserted in the labor market and is completely economically dependent parents, however, there are expectations optimistic future and a positive outlook for the deficiency, seen as part of everyday life and not as a burden on the family.