Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Variabilidade genética em linhagens de milho nas características relacionadas com a produtividade de silagem Genetic variability in maize lines for characteristics related to silage yield

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Maximilian de Souza Gomes | Renzo Garcia Von Pinho | Magno Antonio Patto Ramalho | Denys Vitor Ferreira | André Humberto de Brito

Journal: Pesquisa Agropecuária Brasileira
ISSN 0100-204X

Volume: 39;
Issue: 9;
Start page: 879;
Date: 2004;
Original page

Keywords: Zea mays | degradabilidade in situ | herdabilidade | correlação | Zea mays | in situ degradability | heritability | correlation

ABSTRACT
Em programas que visam à obtenção de híbridos, a ênfase deve ser no desenvolvimento de cultivares com maior produtividade de matéria seca e digestibilidade da silagem e que apresentem variação entre si em relação a esses caracteres. O objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade genética de linhagens de milho quanto a características relacionadas à produção de silagem. Foram semeadas 36 linhagens em duas épocas (novembro e dezembro), no delineamento de látice simples 6x6. As plantas foram colhidas no estádio de grãos farináceo-duro e ensiladas por 100 dias. Foram determinadas as variáveis produtividade de matéria seca e degradabilidade in situ da matéria seca, em dois períodos de incubação das silagens, 24 e 96 horas, e porcentagem de fibra em detergente neutro. Houve variabilidade genética nos caracteres relacionados à produtividade e qualidade da silagem. O comportamento das linhagens em relação à degradabilidade da matéria seca e fibra em detergente neutro foi semelhante nas diferentes épocas de semeadura. A herdabilidade estimada na média das duas épocas de semeadura em relação à degradabilidade da matéria seca foi superior a 80%, evidenciando a possibilidade de êxito no processo de seleção. A alta correlação entre os dois períodos de incubação indica a possibilidade de se avaliar a degradabilidade da matéria seca no período de 24 horas, permitindo maior eficiência e rapidez.Programs to obtain hybrids, should emphasize cultivars with great dry matter yield, silage digestibility and the variation among cultivars in relation to these characteristics. The objective of this work was to evaluate genetic variability of maize lines for characteristics related to silage yield. Thirty-six lines were sown in two periods, November and December, in a simple 6x6 lattice design. Plants were harvested at the hard-farinose grain stage and insiled for 100 days. Dry matter yield and in situ dry matter degradability in silage incubation periods of 24 and 96 hours and percent of fiber in neutral detergent were assessed. There was genetic variability for the traits related to yield and silage quality. The line performance for dry matter degradability and fiber in neutral detergent was similar between sowing periods. The heritability estimated on the mean of the two sowing periods for dry matter degradability was greater than 80% showing the possibility of success in the selection process. The high correlation between incubation periods indicated the possibility of assessing dry matter degradability in 24 hours, offering greater efficiency and speed.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?