Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Variância genética de açúcares redutores e matéria seca e suas correlações com características agronômicas em batata

ADD TO MY LIST
 
Author(s): SALAMONI ADRIANA TOURINHO | PEREIRA ARIONE DA SILVA | VIÉGAS JUDITH | CAMPOS ÂNGELA DINIZ | CHALÁ CARLA SIMONE DE ALMEIDA

Journal: Pesquisa Agropecuária Brasileira
ISSN 0100-204X

Volume: 35;
Issue: 7;
Start page: 1441;
Date: 2000;
Original page

Keywords: Solanum tuberosum | herdabilidade | processamento | genética quantitativa

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi estimar os componentes de variância e herdabilidade relativos ao teor de açúcares redutores e à matéria seca, e suas correlações com algumas características agronômicas em batata (Solanum tuberosum L.). Foram utilizados quarenta clones de batata escolhidos aleatoriamente do Programa de Melhoramento Genético da Embrapa-Centro de Pesquisa Agropecuária de Clima Temperado. Os experimentos de campo foram conduzidos no outono e na primavera de 1996, em Pelotas, RS. Os teores de açúcares redutores e de matéria seca foram analisados após o armazenamento dos tubérculos em câmara fria (5±1ºC). As variâncias genéticas relativas a açúcares redutores e a matéria seca foram moderadas, e as variâncias dos erros, altas, proporcionando valores de herdabilidade relativamente baixos. O teor de açúcares redutores foi positivamente correlacionado com a maioria das características agronômicas, e negativamente correlacionado com o teor de matéria seca. As correlações entre a matéria seca e as características agronômicas foram baixas e não-significativas.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Save time & money - Smart Internet Solutions