Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Vivências com a natureza: uma proposta de Educação Ambiental para o uso público em Unidades de Conservação

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Fernando Protti Bueno

Journal: Revista Brasileira de Ecoturismo
ISSN 1983-9391

Volume: 3;
Issue: 1;
Date: 2010;
Original page

ABSTRACT
As Unidades de Conservação são consideradas espaços territoriais que instituídos pelo poder público tem por principal objetivo a proteção dos recursos naturais. Em função da manutenção de suas áreas conservadas, as Unidades de Conservação representam espaços propícios para a pesquisa científica, o uso sustentável e para as diferentes formas de lazer e turismo em contato com a natureza. A partir desse contexto, vislumbra-se a visitação em Unidades de Conservação como um importante instrumento para a conservação da natureza desses espaços, em função do incremento econômico, do investimento em pesquisas, do desenvolvimento de compreensões sobre as formas de vida e seus ciclos vitais, e dos hábitos e costumes das populações tradicionais, além do fomento de atividades turístico-recreativas. Pressupondo que o contato com a natureza possibilita a ampliação da consciência ambiental dos indivíduos sobre a atual situação de degradação dos recursos naturais e de suas potenciais formas de utilização pela sociedade, evidencia-se a importância da realização de atividades de Educação Ambiental atreladas à visitação / uso público de Unidades de Conservação. Assim, essa pesquisa teve por objetivos caracterizar e analisar a técnica do ‘Aprendizado Sequencial’ enquanto uma possível proposta metodológica de Educação Ambiental, a ser implantada e desenvolvida para o uso público em Unidades de Conservação. Para tanto, adotaram-se como procedimentos metodológicos o método indutivo com abordagem qualitativa, as técnicas de pesquisa bibliográfica, documental e de observação assistemática para coleta e análise dos dados. Por fim, a proposta metodológica desenvolvida pela técnica do aprendizado sequencial possibilita ao indivíduo aprender e desenvolver características de transformação interior, baseadas na afetividade e na experiência direta com a natureza, que elucidam os valores necessários para uma efetiva conservação da natureza, auxiliando assim, o planejamento e o manejo do uso público nas Unidades de Conservação.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program