Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Análise preditiva da densidade mineral óssea em adolescentes brasileiros eutróficos do sexo masculino

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Silva Carla C. | Goldberg Tamara B.L. | Teixeira Altamir S. | Dalmas José C.

Journal: Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia
ISSN 0004-2730

Volume: 50;
Issue: 1;
Start page: 105;
Date: 2006;
Original page

Keywords: Equações preditivas | Densidade mineral óssea | Adolescentes | Massa óssea

ABSTRACT
Considerada um grave problema de saúde pública, estudos indicam que a osteoporose é uma doença pediátrica com manifestações clínicas apresentadas na senilidade. O diagnóstico de osteopenia/ osteoporose é normalmente feito na prática clínica através da densitometria óssea por atenuação de raio-x de dupla energia (DXA). O exame é de alto custo e de difícil aplicação em populações pediátricas em virtude do emprego de aparelhagem específica e software especial. O presente estudo propõe equações preditivas para avaliação da densidade mineral óssea (DMO) em adolescentes do sexo masculino. Foram recrutados 61 adolescentes saudáveis na faixa de 10 a 19 anos e obtidos a idade óssea (através do raio-x de mão e punho esquerdo), maturação sexual, o peso, a estatura, a DMO na coluna lombar e no fêmur proximal total. A estruturação dos modelos de predição foi realizada pela análise de regressão múltipla "stepwise". Os resultados indicaram modelos de predição para DMO com coeficientes de correlação de 0,87 para região da coluna e 0,80 para região femoral. Esses resultados confirmam que a DMO depende da idade esquelética e do crescimento físico durante a adolescência. As equações propostas são de fácil aplicação, baixo custo operacional e com poder explicativo superior a 75% e 65%, respectivamente para a DMO da coluna lombar e fêmur proximal total.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona