Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Assessment of anthropometric indices in children with refractory epilepsy: a case control study = Avaliação dos índices antropométricos em crianças com epilepsia refratária: um estudo caso-controle

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Gutheil, Maria Eugênia Goulart | Nunes, Magda Lahorgue

Journal: Scientia Medica
ISSN 1806-5562

Volume: 23;
Issue: 1;
Start page: 12;
Date: 2013;
Original page

Keywords: ANTROPOMETRIA | EPILEPSIA | CRESCIMENTO | CRIANÇAS

ABSTRACT
Objetivos: Embora a epilepsia seja um distúrbio prevalente na infância, ainda há pouco conhecimento sobre seus efeitos no crescimento e nutrição dos pacientes afetados. O objetivo deste estudo foi avaliar os índices antropométricos de crianças com epilepsia refratária. Métodos: Foi realizado um estudo caso-controle comparando peso, estatura e índice de massa corporal de 27 crianças com epilepsia refratária, pareadas (1:1) em relação a sexo e idade com crianças sem doenças crônicas. Informações quanto ao tipo, frequência e horário das crises e sobre os fármacos antiepilépticos utilizados foram fornecidas pelos pais e/ou responsáveis durante a aferição das medidas antropométricas. O teste t de Student foi utilizado para a análise estatística com nível de significância estabelecido em P menor do que 0,05. Resultados: Encontraram-se índices de escore Z para altura/idade menores nas crianças com epilepsia quando comparadas às crianças do grupo controle na mesma faixa etária (p=0,02), enquanto índices de escore Z para peso/idade e índice de massa corporal/idade não apresentaram diferença significativa entre os grupos (P=0,07; P=0,22, respectivamente). Conclusões: Estes dados sugerem que a epilepsia refratária pode prejudicar o crescimento durante a infância. Aims: Although epilepsy is a prevalent disorder during childhood, there is still little knowledge regarding its effects on growth and nutrition of affected patients. The aim of this study was to assess anthropometric indices of children with refractory epilepsy. Methods: A case control study was carried out by comparing weight, stature and body mass index of 27 children with refractory epilepsy (with only oral nutrition, no swallowing difficulty and no motor limitations) paired (1:1) according to gender and age with children without chronic illnesses. Information regarding type, frequency and time of epileptic seizures, as well as antiepileptic drugs being used, was provided by parents and/or guardians during anthropometric measurements. Statistical analysis was performed using Student’s t-test with an established significance level of P less than 0. 05. Results: Children with epilepsy presented lower Z-scores for height-for-age compared to the control group of same age range (P=0. 02), however Z-scores for weight-for-age and body mass index for age did not show any significant difference between both groups (P=0. 07; P=0. 22, respectively). Conclusions: These data suggest that refractory epilepsy may impair growth during childhood.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil