Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Capital e colonização: a constituição da periferia do sistema capitalista mundial

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Teixeira Rodrigo Alves

Journal: Estudos Econômicos
ISSN 0101-4161

Volume: 36;
Issue: 3;
Start page: 539;
Date: 2006;
Original page

Keywords: sentido da colonização | historiografia | metodologia | dialética | capitalismo

ABSTRACT
Este artigo tem dois objetivos. Em primeiro lugar, discutir as linhas principais da historiografia sobre o período colonial brasileiro, da perspectiva dos seus fundamentos metodológicos. Esta análise crítica da historiografia parte de uma leitura de Marx que resgata a herança da dialética hegeliana na compreensão da concepção marxiana da História. Em segundo lugar, a partir da defesa de um dos modelos propostos no debate, baseado na categoria capital escravista-mercantil como uma particular forma do capital que existiu no período colonial, busca-se avançar na compreensão deste período argumentando que ele faz parte de um processo histórico de consolidação do capitalismo enquanto um sistema mundial, processo esse que tem o capital como um sujeito automático. Defendemos que a força da forma capital prescinde da generalização das relações burguesas "típicas" para todo o globo, e que o sistema colonial não deve ser interpretado como um outro modo de produção, nem como sendo apenas uma peça da engrenagem da acumulação primitiva de capital. O "sentido da colonização" é, portanto, a constituição da periferia de um sistema capitalista mundial.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil