Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Clinical aspects of the 360 º conjunctival graft and amniotic membrane cryopreserved transplantation in corneal ulcers in dogsAspectos clínicos do enxerto conjuntival 360º e do implante da membrana amniótica criopreservada no tratamento de úlceras de córnea em cães

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Gabriel Thadeu Nogueira Martins Ferreira | Talita Floering Brêda Souza | Silmara Sanae Sakamoto | Tereza Cristina Cardoso Silva | Alexandre Lima Andrade

Journal: Semina : Ciências Agrárias
ISSN 1676-546X

Volume: 34;
Issue: 3;
Start page: 1239;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Córnea | Úlcera da córnea | Âmnio | Transplante de tecidos | Transplante homólogo | Cães.

ABSTRACT
To evaluate the clinical application of implant of the canine cryopreserved amniotic membrane (DMEM plus DMSO 1:1) and 360° conjunctival flap in the treatment of progressive corneal ulceration. 10 dogs of the different breeds, males and females, aging four months to four years old with deep corneal ulceration and different clinical progression were divided in two groups: G1=360° conjunctival graft (n=5) and G2=implant of amniotic membrane, sutured at the edge of the ulcer with epithelial side facing up, associated with the third eyelid flap (n=5). The comparative analysis between groups was: complications, blepharospasm, ocular secretion, corneal vascularization, epithelial defect and corneal opacification in six moments (first emergency care, surgery and 3, 7, 15 and 30 days of postoperative). Without epithelial defect was evaluated quality of the scar. It was used score scale for subjective to qualify of the ocular signs. In G1, it was observed the non-adherence of the conjunctival graft to the ulcer (n=2), dehiscence of the suture (n=2), anterior synechia (n=2) and intense chemosis (n=1). In G2, it was not observed these complications. It was not significant difference between the groups to others ocular parameters, but it was different among the start and end moments of the same groups (ocular secretion, corneal vascularization, epithelial defect). The corneal opacity was more intense in G1. According to the clinical results, the cryopreserved amniotic membrane implant proved to be as effective in the corneal ulceration in comparison to the 360° conjunctival flap, because probably, the membrane promoted a trophic support for epithelialization, anti-inflamatory effect associated with important to the end result phenotype. Avaliar a aplicação clínica do implante da membrana amniótica canina criopreservada em DMEM (Dulbecco’s Modified Eagle’s Médium) e DMSO4 (dimetilsulfóxido) na proporção 1:1 e do enxerto conjuntival 360º no tratamento de úlceras de córnea profundas. Um total de dez cães de diferentes raças, machos e fêmeas, com idades de quatro meses a quatro anos, com ulceração corneal profunda e evolução clínica diferente foram alocados em dois grupos: G1= enxerto conjuntival 360º fórnicebaseado (n=5) e G2= implante de membrana amniótica, suturada na borda da úlcera com sua face epitelial voltada para cima, associada ao recobrimento com a terceira pálpebra (n=5). Foram realizadas análises comparativas entre grupos em relação aos parâmetros clínicos: complicações, blefarospasmo, secreção ocular, vascularização corneal, defeito epitelial e opacificação corneal em seis momentos (primeiro atendimento de emergência, cirurgia e três, sete, 15, 30 dias pós-operatórios). Na ausência de defeito epitelial foi avaliada a qualidade da cicatriz. Utilizou-se escala subjetiva de escore para se qualificarem os sinais oftálmicos. No G1, não se observou aderência do enxerto conjuntival 360º na úlcera (n=2), deiscência da sutura do enxerto (n=2), sinéquia anterior (n=2) e intensa quemose (n=1). No G2, não foram observadas estas complicações. Não houve diferença estatística entre grupos para outros parâmetros oftálmicos, porém houve diferença entre momentos inicial e final no mesmo grupo (secreção ocular, vascularização e defeito epitelial). A cicatriz corneal apresentou-se densa e desorganizada no G1. De acordo com os resultados clínicos, o implante da membrana amniótica criopreservada provou ser mais eficaz no tratamento de úlceras de córnea profunda em comparação ao enxerto conjuntival 360º por, provavelmente, promover melhor suporte trófico para epitelização, associado ao efeito antinflamatório importante para o resultado fenotípico final.
RPA Switzerland

Robotic Process Automation Switzerland

    

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil